― Advertisement ―

spot_img

Presos em Nova Venécia e Mucurici suspeitos de morte e confronto que tiraram a paz de Ponto Belo

 

A Polícia Civil e a Polícia Militar prenderam nesta sexta-feira (5), três homens com idades de 19 e 24 anos, suspeitos confronto armado com a PM e de um ataque a tiros que deixou duas pessoas feridas e uma morta, em Ponto Belo, no Norte do Espírito Santo. A informação é de Wilson Rodrigues, da Rede Notícia.

Segundo a Polícia Civil, um deles é suspeito do assassinato de Junior do Carmo Wandel Reis, de 38 anos, ocorrido no último sábado (30) no bairro Carvão, enquanto os outros dois são suspeitos de um confronto registrado com a Polícia Militar na noite de segunda-feira (1º) no bairro Vila Nova, ambos no município de Ponto Belo. As prisões ocorreram na região de Caxias, no município de Mucurici e, no bairro São Cristóvão, em Nova Venécia. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados.

Segundo a Polícia Civil, dois suspeitos de 19 e 24 anos, foram presos durante a manhã de sexta-feira (5), em Mucurici. As prisões ocorreram em cumprimento de mandados de prisão temporária expedidos  pela Justiça, relacionado ao confronto armado registrado com a PM noite de segunda-feira (1º) no bairro Vila Nova, em Ponto Belo. “As equipes se dirigiram a um lava jato, localizado no bairro Caxias, Mucurici, onde encontraram o suspeito de 19 anos. Em seguida, as equipes seguiram para a residência do segundo suspeito, de 24 anos, e realizaram a prisão. Ambos os detidos não resistiram à prisão e foram encaminhados à 17ª Regional Nova Venécia”, informou a PC.

Já no bairro São Cristóvão, em Nova Venécia, policiais militares do Serviço de Inteligência prenderam um homem de 19 anos, suspeito de matar Junior do Carmo Wandel Reis, de 38 anos, no sábado (30). Na ocasião, o ataque a tiros deixou uma menina de 10 anos e um homem baleados. “Após os procedimentos de praxe, o trio foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP)”, comunicou a Polícia Civil.

Dois homens, de 26 e 38 anos, e uma menina de 10, foram baleados na noite de sábado de aleluia (30), durante uma festa em família, no bairro Carvão, em Ponto Belo, no extremo Norte do Espírito Santo. O homem de 38 anos, morreu após ser socorrido. As outras duas vítimas foram socorridas para hospitais da região. No local a polícia recolheu diversas cápsulas deflagradas. As vítimas foram identificadas pela PM como: Júnior do Carmo Vandel Rei (38 anos), que morreu após ser socorrido; Thales do Carmo Pereira de Souza (26 anos); e Isabelly  do Carmo Oliveira (10 anos).