― Advertisement ―

spot_img

Começa a instalação de novos radares nas rodovias do Espírito Santo

A instalação dos novos radares eletrônicos nas rodovias estaduais já começou a ser feita na ES-020, a Rodovia das Paneleiras, na Serra. De acordo com...

Funses 1 anuncia quatro novos investimentos, acumula 37 milhões aportados em 18 meses e abre novas inscrições para aceleração

O FIP Funses 1 (Fundo de Investimentos em Participações criado com recursos do Fundo Soberano do Governo do Espírito Santo) – que tem a TM3 Capital como gestora dos investimentos e a ACE Ventures como responsável pelo programa de aceleração – anunciou nesta semana investimentos em quatro empresas de tecnologia, são elas: Multifidelidade, NaPorta, Conecta e Frota 162. O investimento total é de cerca de R$ 2,7 milhões.

A Multifidelidade é um ecossistema de inteligência de dados, no qual o programa de fidelidade é uma conta de pagamento, permitindo entregar recompensas de forma instantânea. É a primeira fintech acelerada com investimento pelo Funses 1. A NaPorta oferece diversos serviços de logística por meio da tecnologia para empresas, com o propósito de viabilizar as entregas das compras on-line em regiões com restrição, como favelas e periferias. A Conecta trabalha com uma plataforma de unified commerce, integrando as principais ferramentas para um processo de venda digital. Já a startup Frota 162 é responsável pela gestão de frotas automotivas e atua com transportadoras e locadoras de veículos. Além do aporte financeiro, o Funses 1 iniciou o processo de aceleração, realizado pela ACE Ventures.

O Funses 1, inclusive, anunciou a abertura das inscrições para o programa de aceleração que contemplará startups de todo o país. O prazo para inscrição vai até o próximo dia 19 de fevereiro. As startups selecionadas participarão de uma aceleração de aproximadamente 3 meses e vão receber investimentos entre R$ 300.000,00 e R$ 800.000,00. As inscrições podem ser realizadas pelo site.

O objetivo é investir e acelerar até 50 empresas em cinco anos. Com as startups eleitas para o 4ª batch, o fundo aportará em 22 empresas em cerca de 18 meses de programa. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 37 milhões até o momento.
Conheça o Funses 1
Criado em 2019, com base nos recursos oriundos da exploração de petróleo, o Fundo Soberano do Estado do Espírito Santo (Funses) permite, a partir do investimento de receitas provenientes da indústria do petróleo e do gás natural, buscar a atração de novos negócios, gerando emprego e renda para a população do Estado.

Em 2021, o Governo do Espírito Santo canalizou recursos para o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), que foi responsável pela criação do edital de gestão do Fundo de Investimento em Participações (FIP), se consolidando como uma iniciativa de grande importância estratégica para o novo ciclo econômico local, com potencial para impactar o rumo da economia.

O capital investido pelo Funses 1 deverá ser destinado às empresas de tecnologia que cumpram pelo menos um dos três critérios:
Empresa criada no Espírito Santo;
Empresa que tenha ou venha a ter investimentos no Estado do Espírito Santo; e
Empresa que tenha sede fiscal no Espírito Santo.

“Desde quando apresentamos a proposta deste Fundo, tínhamos a convicção que o Estado do Espírito Santo precisava não só de investimentos em empresas mais consolidadas, mas também de aceleração para empresas em estágio inicial, que podem eventualmente receber investimentos subsequentes pelo próprio Fundo”, afirma Felipe Marcondes de Mattos, sócio e diretor de VC da TM3 Capital.

“Queremos fomentar o ecossistema local e transformar o Espírito Santo em um polo para startups.”
Pedro Carneiro, Sócio e Diretor de Investimentos da ACE Ventures.
“Agora temos essa responsabilidade de selecionar e trabalhar em conjunto com esses empreendedores para, quem sabe um dia, eles se transformarem em mais unicórnios para o Brasil”, pontua Pedro Carneiro, Sócio e Diretor de Investimentos da ACE Ventures.

Sobre a TM3
Fundada em 2011 pelo empreendedor Marcel Malczewski, a TM3 Capital é uma gestora brasileira de venture capital que traz mentalidade e espírito empreendedor no seu DNA. A TM3 Capital tem um modelo hands-on e metric-driven de gestão e investe em empresas que entendem o valor que vai além do capital. Construir juntos é a missão, agregando experiência em operações, crescimento acelerado e internacionalização. Com mais de meio bilhão de reais sob gestão atualmente, a TM3 Capital já estruturou cinco veículos de investimento e investiu em mais de 60 startups, possuindo ampla expertise e casos de sucesso com investimentos em empresas tanto de software quanto de hardware. A TM3 já co-investiu ou vendeu empresas para grandes corporações, tais como: Santander, Movile, Microsoft, Trybe, Linx, Stone, Whirlpool, Sonda, Trimble e Ambev.s em startups capixabas.

Sobre a ACE Ventures
A ACE Ventures é uma investidora early stage. Fundada em 2012 pelos empreendedores seriais Pedro Waengertner e Mike Ajnsztajn, a ACE Ventures já realizou aportes em mais de 150 startups, concluindo o exit de 29 dessas empresas – olhando da perspectiva dos fundadores, seria o momento em que conseguiram vender suas ações, ou parte delas, reduzindo assim sua participação na empresa -, como Decorati e Love Mondays, vendidas em 2019 para a Loft e Glassdoor respectivamente, além da Melhor Envio que foi adquirida pela Locaweb no fim de 2020. No seu track record mil startups conectadas com grandes empresas. A holding conta também com verticais de consultoria de inovação (ACE Cortex), educação (Future Dojo), e, em 2023, lançou dois novos negócios, como sua boutique de M&A (ACE Advisors) e a gestora para transações via corporate venture capital (ACE Outlier Capital).

Gostou do conteúdo? Conheça outras matérias sobre o assunto:
Funses1 abre inscrições para nova rodada de aceleração de startups
Startup de gestão de frotas automotivas recebe aporte de R$ 3 milhões

Informações sobre o FIP Funses 1:
www.bandes.com.br/funses1