― Advertisement ―

spot_img

Boi gordo começa a semana cotado a R$ 221,90

Nesta quarta-feira o boi gordo está cotado a R$ 221,90 no estado de São Paulo, depois de sucessivas quedas desde a semana passada.  O valor...

Ampliação de Estação de Tratamento de Água garante continuidade no abastecimento para 570 mil capixabas

Foto: Hélio Filho/Secom

O governador do Estado, Renato Casagrande, inaugurou, na manhã desta sexta-feira (22), as obras de ampliação, melhoria e operação assistida da Estação de Tratamento de Água (ETA V), no município da Serra. Com investimento de quase R$ 90 milhões, a ação garante o contínuo abastecimento de água das cidades de Vitória, Serra, Cariacica, Fundão e Aracruz, que totalizam 570 mil moradores.

Além disso, o Governo do Estado e a Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan) formalizaram novas ações de segurança hídrica, em alusão ao Dia Mundial da Água – lembrado nesta sexta-feira. Foi assinado o contrato para construção de uma Estação de Produção de Água de Reúso para fins industriais, além do anúncio da etapa final da Barragem dos Imigrantes/Jucu e a parceria com o Projeto Golfinhos do Brasil.

“Comemorar o Dia da Água é importante, mas é melhor com realizações. No momento em que se fala muito sobre as mudanças climáticas, a segurança hídrica é fundamental. Sem a Cesan, não tem água boa. Temos muitos desafios pela frente e serão enfrentados por todos nós. A decisão do Governo é de fortalecer a Companhia, que é uma empresa pública. Parte dos recursos da Cesan são investimentos do Estado e o que a gente quer é um Espírito Santo provedor de qualidade de vida”, afirmou o governador Casagrande.

O presidente da Cesan, Munir Abud, falou mais sobre a importância das melhorias no tratamento de água. “Essa inauguração é muito significativa, pois vai impactar diretamente na vida de mais de meio milhão de pessoas. As paralisações e a falta de água, muitas vezes causadas pela turbidez elevada nos mananciais, não serão mais motivo para a interrupção do fornecimento. Isso devido ao sistema aprimorado implantado na ETA V, que agora conta com floculadores e decantadores de última geração”, enfatizou o presidente da Cesan, Munir Abud.

Compõem a ampliação da Estação, a nova elevatória de água tratada Planalto, permitindo o aumento da oferta de água para a Grande Jacaraípe, Praia Grande e a orla de Aracruz, além de uma unidade de tratamento de resíduos sólidos, para assegurar a destinação correta do lodo produzida na estação, contribuindo para o meio ambiente e a saúde pública.

“Com essas grandes entregas, reafirmamos o compromisso do Governo e da Companhia com um futuro próspero e sustentável para o Espírito Santo. Investir em saneamento básico é investir em saúde, em desenvolvimento econômico e em sustentabilidade”, reforçou Munir Abud.

O que muda no processo de tratamento da água:

Como era: Em situações de turbidez (lama) elevada no Rio Santa Maria da Vitória, a água chegava à Estação V em um nível que não era possível tratá-la. Diante disso, a operação era paralisada para lavagem dos filtros e as interrupções no abastecimento ou a redução da vazão da água distribuída eram necessárias.

Como será a partir de agora: A construção de novas unidades com floculadores permitirá que a água chegue limpa aos filtros. Para que isso ocorra, o tratamento terá mais uma etapa, que são os processos de floculação e decantação.

Mais investimentos

Durante a solenidade de inauguração, foram anunciados outros investimentos da Companhia, como a assinatura de contrato para construção da Estação de Produção de Água de Reúso para fins industriais. Com capacidade para transformar 300 litros por segundo de esgoto sanitário em água de reúso de qualidade industrial, o efluente tratado será bombeado de Camburi, em Vitória, até o Polo Industrial no município da Serra. A execução do projeto está prevista para o final de 2026.

O Consórcio GS Inima Tubonews foi o vencedor do leilão com uma oferta competitiva, incluindo um desconto de 25% sobre a tarifa e uma outorga de 13% sobre a receita líquida, totalizando um valor estimado de R$ 2,24 bilhões. É a primeira subconcessão de reúso de água no Brasil. 

Além de promover a sustentabilidade hídrica, o projeto beneficiará diretamente os moradores dos bairros da zona norte da Capital, bem como seis bairros da Serra: Hélio Ferraz, Manoel Plaza, Rosário de Fátima, Eurico Salles, Carapina I e Bairro de Fátima.

Também foi anunciada a etapa final da contratação da Barragem dos Imigrantes/Jucu, que visa garantir o fornecimento contínuo de água para os moradores de Cariacica, Vila Velha e Vitória, acompanhando o crescimento dessas cidades. Com a capacidade de atender cerca de 64% da população da Região Metropolitana, este empreendimento beneficiará mais de 1,2 milhão de pessoas.

Localizada em uma área de 12 hectares, no braço norte do Rio Jucu, na altura do Km 30 da BR 262, entre os municípios de Domingos Martins e Viana, a barragem terá capacidade para armazenar cerca de 23 bilhões de litros de água. O processo licitatório está em sua fase final e a previsão é que a obra seja iniciada ainda em 2024 e concluída em 30 meses.

A Cesan também formalizou a parceria com o Projeto Golfinhos do Brasil, que estuda a presença de Delfinídeos em águas capixabas. O acordo visa a promoção de conscientização e de ações concretas para proteger esses animais e o ecossistema que compartilham conosco. Serão realizadas ações de limpezas de praias, ações de sensibilização nas escolas da Grande Vitória, além da capacitação de toda a cadeia produtiva do turismo dos golfinhos.