― Advertisement ―

spot_img

Aposta do ES fatura sozinha mais de R$ 4 milhões na Lotofácil

Um capixaba da cidade de Baixo Guandu, no Noroeste do Espírito Santo e com 30.674 habitantes, foi dormir milionário na noite de segunda-feira (16). Isso...

Tubarão de quase 300kg é pescado em Conceição da Barra

Um tubarão-tigre de quase 300kg foi pescado em Itaúnas, distrito de Conceição da Barra, no litoral Norte do Espírito Santo, na quinta-feira (15).No vídeo é possível ver o tamanho do animal ( no final da matéria).

A Secretaria de Meio Ambiente de Conceição da Barra disse que o tubarão foi pescado em alto mar e pesa entre 250 a 300 quilos, mas não soube informar o que foi feito com o animal depois.

Ainda segundo a secretaria, a pesca da espécie não é considerada crime ambiental, e que foi comunicada pelos pescadores sobre a ação.

Eleilton foi um dos pescadores que encontrou esse tubarão. Ele contou que é pescador profissional há mais de 30 anos e foi com outros amigos pescar. Eles armaram a rede às 4h e uma hora depois identificaram que um tubarão tinha se enroscado na rede. A rede utilizada pelo grupo era para robalos.

A pesca foi realizada a cerca de um quilômetro da costa. O tubarão foi limpo e resultou em 90kg de carne que foram comercializados na cidade. Eleilton também é da Associação de Pescadores do município e disse que essa é a quarta vez que ele pesca um tubarão em alto mar.

De acordo com o biólogo especialista em peixes da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), João Luiz Gasparini, o animal é comum no estado.

No Espírito Santo ele deveria ser mais comum, mas a pesca com rede diminuiu a população desse animal. Todas as espécies de tubarões, raias e peixes cartilaginosos tem reprodução interna e geram poucos filhotes. Quando você tem uma pesca forte o impacto é sentido , em vários países é proibido, e aqui no Brasil, o tubarão-tigre está no limiar de se tornar uma espécie proibida”, explicou o biólogo.

O animal pode alcançar até 5 metros de comprimento e pesar quase uma tonelada.

“É um ‘patrulhador’ de praias, come desde carcaças de peixes, tartaruga , boto, ele tem uma dentição especializada que consegue cortar casco de tartaruga, com dentes serrilhados em forma de meia lua”, disse o biólogo.

Vídeo: