― Advertisement ―

spot_img

Como escolher uma máquina de lavar roupa?

Na hora de escolher sua lavadora, alguns critérios essenciais devem estar no seu checklist  Escolher a máquina de lavar com o melhor custo-benefício para uma...

Organização do closet do casal otimiza ambiente e conserva peças

Morar junto é uma fase marcada por alegrias e desafios na vida de qualquer casal. O planejamento é o principal aliado para evitar que as questões do cotidiano tornem-se desgastes maiores. A falta de organização do closet, por exemplo, costuma ser um tema recorrente e, em alguns casos, motivo para desentendimentos, seja pela falta de espaço, o acúmulo de peças ou a dificuldade para guardar itens específicos, como ternos elegantes para homens

Unir itens de duas pessoas em um só espaço, mantendo tudo organizado e acessível, pode parecer ser uma tarefa difícil, mas não é impossível. Há algumas dicas práticas e fáceis de serem seguidas que podem ser adotadas pelos casais para melhorar a organização do closet.

Vale lembrar que um guarda-roupa bem organizado, além de evitar brigas, também ajuda a conservar as peças, otimizar o tempo e manter a funcionalidade no dia a dia. 

Comece com uma análise das peças atuais 

Quando o casal une o guarda-roupa, é importante analisar quais são as peças atuais, que ainda são usadas no dia a dia. Pode ser que, nesse momento, um dos dois ou ambos encontrem peças que não gostem ou, até mesmo, não servem mais. Esse tipo de análise deve ser feita com frequência para que o espaço se mantenha organizado e funcional. 

Separe o guarda-roupa em duas partes

A vida a dois consiste em dividir, e a regra não é diferente com o closet. A dica é segmentar o guarda-roupa entre a “parte de um” e a “parte do outro”. Esta simples medida já ajuda a evitar confusão e bagunça entre as peças.

Alguns casais que moram em locais mais espaçosos costumam reservar cômodos para armazenar as roupas, os calçados e os acessórios de cada um. No entanto, quem não tiver muito espaço pode dividir o guarda-roupa da casa, separando as partes, conforme a necessidade individual. 

Segmente cada “parte” do closet 

Após a separação do closet em duas partes, é importante que o casal saiba segmentar as próprias peças. Com o uso de cabides, é possível separar as peças por categorias, como camisas, jaquetas, vestidos com cinto e calças, por exemplo.

Seguindo essa organização, também pode ser interessante separar os itens por cores. Neste sentido, primeiro podem ser colocadas as camisas brancas, depois as pretas e, por último, as coloridas, seguidas pelas jaquetas jeans, pretas e de outras cores.

Para ajudar nesse processo, é importante investir em cabides. Deve-se evitar colocar mais de uma peça no mesmo, pois a prática atrapalha a visualização dos itens no closet e pode prejudicar a ventilação do espaço, danificando as roupas.

Quem não tem cabideiro pode seguir a lógica com as prateleiras, reservando cada espaço para um tipo de peça diferente. A ideia da segmentação é criar um local fixo para as roupas, otimizando tempo no dia a dia, dando mais praticidade para montar os looks e manter o ambiente organizado. 

Outra dica útil é segmentar as peças por época do ano. Se a estação em questão é o verão, o casal pode optar por caixas organizadoras ou até gavetas para guardar as roupas de frio, já que serão pouco usadas. 

Dessa forma, todas as peças mais frescas ou aquelas que ajudam a montar um look masculino praia, por exemplo, podem ser colocadas num local de maior evidência, uma vez que serão bastante utilizadas durante o verão. 

Gavetas são alternativas para a organização 

Além de cabideiros e prateleiras, as gavetas também são grandes aliadas na organização. A maioria dos closets já conta com esse espaço, que pode ser utilizado para colocar lingeries, pijamas, meias, roupas de academia e qualquer outra peça que não faça muito volume. 

Para manter o espaço em ordem, basta seguir a dica de segmentação e investir em organizadores de gaveta para facilitar a visualização de cada item. 

Aposte nas etiquetas 

Se a organização por si só não funcionar, uma dica é apostar nas etiquetas. Elas podem ser coladas nas gavetas e prateleiras a fim de ajudar a lembrar o local certo de cada peça do closet. Para isso, é possível optar por impressão de tags feitas na internet ou, até mesmo, recorrer às pequenas máquinas próprias para etiquetar. 

Separe um espaço para os acessórios 

Pensar em um espaço para os acessórios é fundamental para quem quer manter um ambiente organizado e com peças conservadas. Para isso, é importante avaliar a quantidade de bolsas e sapatos e, assim, pensar no local ideal para guardá-los. 

As prateleiras facilitam a organização e possibilitam uma boa visualização de cada item. Também é possível optar por nichos e móveis, como as sapateiras. 

Atente-se aos detalhes para conservar as roupas 

As práticas de organização são simples e podem ser introduzidas no dia a dia de forma fácil. Mas também é necessário pensar na conservação das peças, o que pode ser feito pelo casal com atenção em alguns detalhes. 

O ambiente em que o closet está inserido deve ser fresco e protegido da luz natural, que pode danificar as fibras dos tecidos e/ou alterar as cores. Além disso, é importante manter as peças longe de umidade, pois podem mofar. 

As peças que não são usadas constantemente ou que possuem tecidos delicados podem ser armazenadas em sacos ou capas protetoras, fabricados em TNT ou tecido. 

Também deve-se higienizar o espaço periodicamente para evitar que as roupas fiquem com cheiro de guardado. Por fim, o casal deve ter atenção à madeira do closet para evitar a presença de insetos, como cupins e traças, que podem danificar a estrutura do móvel e as peças armazenadas. 

 

Dólar: moeda volta a R$ 5,00