― Advertisement ―

spot_img

Dólar está em alta no início desta quarta-feira (24)

No último fechamento, o dólar subiu de preços no Brasil e a moeda voltou a estar cotada próxima a R$ 5,60, a R$ 5,59,...

Demanda do trigo segue firme

Março fecha com expansão de empregos no agro em quase 2,5 mil municípios

Pesquisa da Confederação Nacional de Municípios (CNM) revela que, em março, das 4.722 cidades com movimentação no mercado de trabalho do agro, 2.497 tiveram aumento de postos de trabalho, enquanto 1.914 tiveram redução. Os destaques com as maiores expansões para o mês foram Morrinhos (GO), com 1.441; Paracatu (MG), com 1.425; e Venâncio Aires (RS), com 1.380. 

Em números absolutos, março de 2024 encerrou com 247.128 contratações e 243.411 desligamentos — um saldo positivo de 3.717 postos de trabalho. Na análise regional, o Sudeste gerou 19.905 vagas, puxado pelo desempenho da cadeia do açúcar e do alho. Na sequência está Centro-Oeste, com saldo positivo de 2.905 vagas; Norte, com 984; e Sul, com 891. Já a Região Nordeste ficou com saldo negativo, com menos 20.968 vagas em março, especialmente por conta dos desligamentos da cadeira do açúcar.

Para os responsáveis pela pesquisa da CNM, o desempenho em março foi abaixo do observado no mesmo período de março de 2023, quando o saldo positivo de vagas ficou em 15.115. O crescimento do emprego no agro em março de 2024 foi impulsionado pela produção de sementes certificadas e a continuidade das contratações relativas à indústria do fumo na Região Sul.

Confira o levantamento completo no link<\/a>.

Agro eleva PIB de 2023, soja e milho lideram a produção mundial<\/a>

IBGE prevê safra de 299,6 milhões de toneladas para 2024<\/a>

Estado de emergência zoossanitária por gripe aviária foi prorrogado por mais 180 dias<\/a>

Produção de cana-de-açúcar impulsionou aumento de empregos no agro - Foto: Elza Fiúza/Agência BrasilProdução de cana-de-açúcar impulsionou aumento de empregos no agro – Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil