― Advertisement ―

spot_img

ES: acidente na BR 101 causa morte em colisão com guincho e 5 motos

Um acidente grave ocorreu no km 188 da BR 101, no distrito de Guaraná, em Aracruz, no Norte do Espírito Santo, na tarde deste...

ES recebe alerta de tempestades, alagamentos e deslizamentos a partir desta sexta

A frente fria que chega à Região Sudeste do Brasil nesta sexta-feira (22) deve causar chuvas torrenciais em algumas regiões do Espírito Santo, além de todo o Rio de Janeiro e litoral Norte paulista.

Há previsão de chuvas de até 100 milímetros em 24 horas, alagamentos e deslizamentos de terra. No entanto, segundo alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em algumas regiões, o volume pode chegar a 200 milímetros de chuva até domingo (24).

Nas regiões Sul e Serrana do Espírito Santo, além disso, há a possibilidade de ventos que cheguem até 100 quilômetros por hora.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (21), em uma coletiva de imprensa realizada pelo Inmet. O Rio de Janeiro deve ser o estado mais afetado.

Segundo a coordenadora do Inmet,  Márcia Seabra, o alerta é válido até o próximo sábado (23), mas pode se estender até o domingo (24).

“A partir de amanhã e no decorrer dos próximos dias esta frente fria vai avançar pela Região Sudeste e até a passagem desta frente, ainda vamos ter fluxo de umidade, vento levando umidade do oceano em direção ao Rio de Janeiro, mais precisamente a partir de amanhã”, disse.

De acordo com Márcia Seabra, os acumulados de chuva são muito grandes e os estados devem entrar em alerta.

“A gente tem estes acumulados muito grandes de chuva, que pegam desde o litoral norte de São Paulo, pegam todo o estado do Rio de Janeiro,  Zona da Mata de Minas Gerais e o sul do Espírito Santo”, afirma.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) informou que os maiores volumes de chuvas devem ser registrados entre a noite de sexta-feira e a madrugada de sábado.

Em algumas áreas com chuva forte, há risco de descargas elétricas, granizo e rajadas de vento. A partir de amanhã, há previsão de acumulado muito alto de chuvas que pegam desde o litoral norte de São Paulo, todo o estado do Rio de Janeiro, a Zona da Mata de Minas Gerais e o sul do Espírito Santo.