― Advertisement ―

spot_img

Taxação dos 50 dólares: acordo intermediário deve trazer solução para o impasse

O anúncio do presidente Lula de que pode vetar a taxação federal dos produtos importados inferiores a US$ 50 alegrou clientes que costumam fazer...

Dólar: moeda volta a R$ 5,00

O dólar manteve seus ganhos em relação a moedas internacionais, desde o último fechamento. Os cenários nacional e internacional influenciam este comportamento. 

No Brasil, a queda da taxa básica de juros, a Selic, e as perspectivas futuras para esta mesma tendência aumentam o interesse pelo investimento em títulos do exterior ou pela renda variável (ações). 

Este movimento é reforçado por uma queda da taxa de juros mais branda que o previsto nos Estados Unidos, o que aumenta a atratividade de investimentos naquele país – com títulos públicos considerados os mais seguros do mundo. 

Somado à preocupação com o cenário considerado crítico das contas públicas no Brasil, o dólar comercial chega à sua máxima de R$ 5,00.

A tendência de valorização é a mesma para o euro, cotado a R$ 5,41. 

Os dados são da companhia Morningstar<\/a>.
 

Foto: Valter Campanato/Agência BrasilFoto: Valter Campanato/Agência Brasil