― Advertisement ―

spot_img

Morre aos 102 anos, Dona Babá, moradora de Nova Venécia

A moradora de Nova Venécia, dona Beliza Santos do Nascimento, mais conhecida como Babá, faleceu nesta quarta-feira, dia 17, por volta do meio dia,...

Aura Minerals aumenta vida útil de Apoena em cinco anos

A Aura Minerals anuncia que fez “atualizações significativas” nas Reservas e Recursos Minerais das minas de Apoena, localizadas em Mato Grosso. De acordo com a empresa, “com a incorporação de dados de perfuração exploratória e de infill realizados entre 2022 e 2023, as minas alcançaram um aumento substancial nas Reservas Minerais Provadas e Prováveis, consolidando mais de 5 anos de vida útil com base nessas reservas. Este desenvolvimento marca o maior aumento na história operacional da Apoena desde 2017. Além disso, os Recursos Minerais Medidos e Indicados também continuaram a crescer”.

Foi o maior aumento nas Reservas Minerais Provadas e Prováveis (P&P ou 2P) na história operacional de Apoena desde 2017, apoiando mais de 5 anos de vida útil da mina (LOM) baseada apenas em reservas 2P.

As reservas Provadas e Prováveis aumentaram para 276 mil onças de ouro no final de 2023, após a depleção pela produção do ano. Já os Recursos Minerais Medidos e Indicados (M&I) também aumentaram para 478 mil onças de ouro contido após a depleção de 2023.

Agora, o foco da exploração será aumentar os Recursos Minerais Inferidos em profundidade e ao longo da zona mineralizada, incluindo perfuração de expansão para delinear possíveis conexões entre as cavas. Adicionalmente, há oportunidades de novas adições de recursos e reservas nos múltiplos alvos ao redor do complexo inteiro e na região. 

Rodrigo Barbosa, Presidente e CEO da Aura, disse que “aumentar a Vida Útil de Apoena tem sido uma iniciativa importante para a Aura, dado seu alto potencial e o histórico de baixos investimentos em exploração. Iniciamos o ramp-up de Apoena em 2016 com cerca de 233 mil onças em Reservas P&P. Desde então, operamos por 7 anos e produzimos mais de 420 mil onças de ouro, porém só recentemente decidimos aumentar os investimentos em exploração para aumentar a vida útil da mina. Estes investimentos foram bem-sucedidos, nos levando a aumentar nossas Reservas P&P para mais de 276 mil onças, o que reflete em mais de 5 anos de vida útil pela frente, e a provar que com foco em campanhas geológicas podemos adicionar onças rapidamente em nossas operações. Além do nosso programa de exploração para aumentar os Recursos e Reservas Minerais nas minas existentes, seguimos focados em avançar em outros alvos, tanto dentro do complexo quanto regionalmente, no prolífico cinturão de ouro do Guaporé, abrangendo mais de 200 km de extensão. Nosso foco em 2024 será adicionar Recursos Minerais Inferidas ao nosso inventário total para em seguida continuar aumentando as nossas Reservas Minerais P&P.”

Foto: Divulgação/Brasil MineralFoto: Divulgação/Brasil Mineral