― Advertisement ―

spot_img

Covid-19: nova vacina começa a ser aplicada em PE

Assim como o vírus da gripe vai sofrendo mutações ao longo do tempo, o Sars-CoV-2, que causa a Covid-19, também. Por isso, a cada...

TVE: no maior Capixabão do século, a maior transmissão da história

A TVE escreveu mais um capítulo na história do futebol capixaba. A grande final do Capixabão 2024, considerado o maior Capixabão do século, foi recorde em todos os sentidos. A emissora pública dos capixabas transmitiu todas as 59 partidas do campeonato, somando mais de 130 horas, ao vivo, no ar.

A TVE exibiu em tempo real todas as 124 vezes em que a rede balançou durante o Capixabão 2024. Gols que foram eternizados por 12 câmeras, oito replays, game cam, drones e pela emoção nas vozes de narradores, repórteres e comentaristas. Tudo graças aos investimentos do Governo do Estado, que garantem mais visibilidade ao futebol capixaba e atraem cada vez mais torcedores e patrocinadores.

“Ver o estádio lotado com quase 10 mil pessoas e acompanhar uma partida de alto nível técnico é emocionante. Ver a audiência da nossa TVE aumentando, as pessoas acompanhando pela TV e nas redes do nosso sistema de comunicação pública, é um sucesso retumbante. Que as empresas capixabas financiem o nosso futebol. Que tenhamos cada vez mais qualidade nos jogos e nas transmissões, que tenhamos paz nos estádios e um futebol cada vez mais valorizado”, disse o governador do Estado, Renato Casagrande, em entrevista concedida ao vivo à TVE durante a transmissão da final do Capixabão 2024.

Foram veiculados mais de 900 conteúdos exclusivos, dedicados ao torcedor e à valorização dos clubes, dos atletas e de todos aqueles que acreditam no futebol capixaba, tanto na TV aberta quanto nas plataformas de streaming e nas redes sociais. 

A audiência do Capixabão 2024 atingiu níveis históricos. Na televisão aberta, a TVE conquistou o segundo lugar em audiência durante o clássico entre Rio Branco e Vitória. Nas redes sociais, foi registrado um crescimento de 47% em relação ao ano anterior. O perfil da TVE alcançou mais de um 1,5 milhão de contas, atraindo espectadores de mais de 50 países.

“O mais interessante de olhar para este ano, comparando com o ano passado, é ver a potência que o futebol capixaba tem. E uma característica importante dessas transmissões é que a TVE tem o histórico desses números”, disse Igor Pontini, diretor-geral da Fundação Carmélia, lembrando que a emissora pública dos capixabas tem exclusividade nos direitos de transmissão e comercialização do futebol do Espírito Santo.

As histórias contadas pela TVE dentro e fora de campo, ao longo do Capixabão 2024, emocionaram atletas e torcedores: “A vocês da TVE, parabéns mais uma vez pela transmissão e divulgação do Capixabão 2024. O desejo daqui para frente é só evoluir e crescer”, disse Edinho, autor do gol da vitória do Rio Branco Saf, em entrevista concedida ao final da partida.

O torcedor identificado como @RalielleTC deixou seu comentário no YouTube da TVE: “Quero apresentar aqui 03 (três) situações muito importantes: 1 – A resiliência do governador Renato Casagrande em investir no futebol capixaba.  A entrevista dele, ao final da cerimônia de premiação, fala por si; 2 – A qualidade da transmissão da TVE. Não perde em nada para ninguém. A variedade de mídias utilizadas para a cobertura do Campeonato Capixaba 2024 também é muito boa. TV aberta no canal 2 no ES; YouTube, Instagram, Facebook, entre outras, foram muito bem utilizadas; 3 – O polenteiro Rio Branco de Venda Nova do Imigrante/ES também apresentou, dentro de campo, um futebol organizado e ofensivo. Com quase nenhum recurso, se comparado ao Rio Branco SAF, valorizou e muito o título de Campeão Capixaba de Futebol 2024 para o Rio Branco. Parabéns a todos!! (sic)”, postou.

“Faz parte da nossa missão como TV pública valorizar o nosso esporte e a nossa cultura. A gente está preparado e entende que o projeto é muito mais amplo do que apenas transmitir as partidas. Temos o projeto ‘TVE: a Casa do Futebol Capixaba’, em que a gente transmite todas as competições profissionais, como o Capixabão, mas também transmite os campeonatos Sub-20, Sub-17, Sub-15, o futebol feminino… ano passado, a gente começou a transmitir o Campeonato Brasileiro Série D. Ou seja: é um projeto estratégico do Governo que promove o futebol capixaba, os jogos, a formação e a interação das torcidas, estabelecendo uma verdadeira rede de trocas no setor”, complementou Pontini.

Sobre a partida e a entrega do Troféu Geovani Silva

Depois de uma disputa emocionante, definida nos pênaltis, o Rio Branco Capa Preta derrotou o Rio Branco de Venda Nova e conquistou o 38° título de sua história. Confira, na íntegra, as emoções da partida: https://www.youtube.com/watch?v=3ybDtgjVRSc

O Rio Branco Polenteiro abriu o placar no Kleber Andrade. A partida ficou em 0X1 ao longo do tempo regular. Como o Rio Branco Saf tinha vantagem, a disputa foi para os pênaltis, até que a cobrança de Edinho deu a vitória ao Rio Branco Capa Preta.

O Troféu Geovani Silva foi entregue ao capitão do Rio Branco Saf, Gustavo Carbonieri, pelas mãos do filho do atleta homenageado. O nome do troféu foi escolhido pelos capixabas, em uma campanha feita pela Federação de Futebol do Espírito Santo (FES), com o apoio da TVE Espírito Santo.