― Advertisement ―

spot_img

Posso tomar a vacina contra a dengue?

Atualmente, existem duas opções de vacina para dengue aprovadas pela Anvisa no Brasil. A Dengvaxia, da Sanofi, e a Qdenga, da empresa chamada Takeda....

Sinfônica do Espírito Santo recebe maestro João Rocha para reger “Choros 6”, de Heitor Villa-Lobos

Na próxima semana, em Vitória, o Sesc Glória recebe a Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses), para dois concertos das séries Terça e Quarta Clássicas, sob regência do maestro João Rocha. As apresentações acontecem na terça-feira (07) e quarta-feira (08), às 20h, com obras de três compositores brasileiros: Heitor Villa-Lobos, com “Choros 6”; Clarice Assad, com “Suite for Lower Strings”; e o próprio regente convidado, com “Sinfonietta Concertante”. 

Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Sesc Glória e também pela internet, neste LINK, e custam R$ 20 (inteira), R$ 15 (conveniado), R$ 12 (cartão empresário) e R$ 10 (meia-entrada para comerciário ou mediante apresentação de 1kg de alimento não perecível).

A realização é da Cia de Ópera do Espírito Santo (Coes), com a Orquestra Sinfônica do Espírito Santos (Oses), a Secretaria da Cultura (Secult) e o Ministério da Cultura (MinC), por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio ouro do Instituto Cultural Vale e parceria da Fecomercio/Sesc.

Repertório

“Suite for Lower Strings” (2009), de Clarice Assad, é uma fantasia em cinco movimentos sobre temas conhecidos de Johann Sebastian Bach. A obra enfatiza as vozes mais graves da seção de cordas, como viola, violoncelo e baixo. Normalmente, na música barroca, a melodia é dada aos instrumentos mais agudos – mas a suíte, encomendada pela New Century Chamber Orchestra, foi especificamente encarregada de mostrar os instrumentos graves, muitas vezes subutilizados. Cada um dos movimentos curtos da suíte apresenta melodias populares e reconhecíveis de Bach, muitas vezes variando-as e combinando-as com elementos de estilos do século XX.

Em 2021, o maestro João Rocha (1983) compôs “Sinfonietta Concertante” em homenagem ao Mês da Consciência Negra, para a Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo (Osusp), celebrando os compositores negros brasileiros. A obra faz referência a importantes nomes da música, como Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga, Carlos Gomes e Cartola, entre outros. 

Heitor Villa-Lobos (1887-1959) escreveu os “Choros 6” em 1926. Segundo ele próprio, “o clima, a cor, a temperatura, a luz, os pios dos pássaros, o perfume do capim melado entre as capoeiras e todos os elementos da natureza do sertão serviram de motivos de inspiração para esta obra que, no entanto, não representa nenhum aspecto objetivo nem tem sabor descritivo”. Villa-Lobos filtra e recria todo esse material, a partir de elementos da música tradicional, da música popular brasileira, de fontes europeias ou até mesmo de composições próprias, para criar uma nova obra. Nessa composições, percebe-se o seu olhar para o passado, para as raízes folclóricas brasileiras, ao mesmo tempo que dialoga com o presente e acena para o futuro.

 

Regente

João Rocha vem se consolidando como um dos mais versáteis e ativos maestros e compositores de sua geração. Em performances, mostra seu domínio da partitura, sua sofisticação musical e seu profundo conhecimento do som da orquestra. Rocha vem se apresentando à frente de orquestras como a Orquestra de Câmara de Curitiba e a Orquestra Vortz, esta formada por uma seleção dos mais destacados instrumentistas de orquestra do Brasil, tendo entre os seus integrantes membros da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), Filarmônica de Minas Gerais, Orquestras Sinfônicas Municipais de São Paulo, de Porto Alegre e da Bahia, entre outras. Em seus concertos, além de reger obras do repertório tradicional, também rege as estreias de suas próprias composições.

Serviço:

Série Terça e Quarta Clássicas

Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses)

Quando: 07/05 (terça-feira) e 08/05 (quarta-feira)

Horário: às 20h

Local: Sesc Glória, Av. Jerônimo Monteiro, 428, Centro, Vitória

Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 15 (conveniado), R$ 12 (cartão empresário) e R$ 10 (meia-entrada para comerciário ou mediante apresentação de 1kg de alimento não perecível).

À venda na bilheteria do Sesc Glória ou neste link