― Advertisement ―

spot_img

Sesp divulga resultado da Operação Carnaval 2024

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) divulgou, nesta quinta-feira (15), o balanço da Operação Carnaval 2024. Os números foram apresentados em coletiva, na Sesp, em Vitória. No período entre as 8 horas da última sexta-feira (08) até as 23h59 horas dessa quarta-feira (14), foram registrados 15 homicídios em todo o Estado, sendo este o segundo melhor resultado para o período de Carnaval desde 2001.
O menor registro foi em 2022, quando houve 14 homicídios no feriado prolongado, que ainda estava sob restrições impostas pela pandemia de Covid-19. Apesar dos registros, é importante destacar que não houve morte por homicídio em locais de folia em 2024.
“É necessário agradecer a cada profissional que trabalhou neste Carnaval. Policiais militares, civis e científicos, além de bombeiros e todo o corpo da Secretaria da Segurança que trabalharam de forma a levar segurança aos capixabas e visitantes que escolheram nosso Estado para curtir esse feriado. O trabalho conjunto e dedicado permitiu que tivéssemos uma redução no número de homicídios em relação a 2023. Tivemos ainda o apoio importante do Notaer e alcançamos um bom resultado, devido ao planejamento e integração”, afirmou o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Eugênio Ricas.
Os eventos clandestinos conhecidos popularmente como “Bailes Mandela” e os tumultos em local de folia se mostraram um desafio para a segurança pública, exigindo ações de dispersão com uso de equipamentos menos letais. No período do Carnaval foram registrados 12 eventos “Baile Mandela” e dez casos de tumulto em local de folia. Todos exigiram intervenção policial, com uso de equipamento menos letal. 
O Carnaval também teve atuação importante do Cerco Inteligente do Estado, que contribuiu para a recuperação de 17 veículos no período. 
Afogamentos e acidentes
O período do Carnaval registrou 39 ocorrências de afogamentos atendidos pelo Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES), sendo que três resultaram em vítimas fatais: um médico de 72 anos no município de Marataízes, uma criança de dois anos no município de Vila Pavão e um homem de 35 anos no município de Ponto Belo.
Com relação à violência nas estradas, o Espírito Santo registro uma importante redução. No Carnaval de 2024, foram 11 mortes em decorrência de acidentes de trânsito em todo o Estado. No feriado de Carnaval de 2023, foram 22 mortes no trânsito.

Na coletiva, o novo Painel de Monitoramento de Mortes no Trânsito foi apresentado. “O Painel de Mortes no Trânsito representa um significativo avanço do Governo do Estado para dar mais transparência aos dados de acidentes de trânsito com vítimas fatais e, principalmente, para que a população possa cada vez mais se sensibilizar, ao perceber que, em sete dias, infelizmente mais pessoas têm morrido nas vias capixabas, conforme podemos constatar no levantamento atual”, pontuou o diretor geral do Detran, Givaldo Vieira.
“Essa inovação tecnológica do Observatório de Segurança Pública se soma ao Observatório de Trânsito gerido pelo Detran para oferecer ao poder público, à imprensa, aos pesquisadores e cidadãos uma riqueza de dados estatísticos sobre o comportamento dos condutores. Isso permitirá aos órgãos de trânsito planejarem de forma mais estratégica ações integradas de fiscalização e educação, com foco na redução de acidentes e mortes”, complementou Vieira.
O Painel já está disponível e contém os dados do período de Carnaval. Mais informações podem ser encontradas aqui.