― Advertisement ―

spot_img

Secult lança Cultura em Toda Parte 2024 em evento do Parque Aberto no domingo (14)

Os mais variados shows e espetáculos com oficinas e palestras de forma gratuita. Diversas atividades artísticas e culturais em 24 municípios capixabas envolvendo as suas 10 microrregiões. É esse o Cultura em Toda Parte 2024. E a primeira etapa do programa tem início em um evento especial de lançamento do chamamento público que selecionará as apresentações artísticas, no próximo domingo (14), no Parque Cultural Casa do Governador, na Praia da Costa, Vila Velha. 

Na programação, Contação de História com “O sumiço do Galo Vermelho” da professora Ione Duarte, Espetáculo de Dança Búredì, do projeto EluzArte; e Show “Ah Lekah Txori” da cantora Eloá Puri. 

Ao todo, serão disponibilizados 2.500 ingressos gratuitos na plataforma Sympla, a partir do meio-dia desta terça-feira (09), limitados a duas unidades por CPF. 

De acordo com o secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, a programação do Cultura em Toda parte em 2024 foi pensada para ser diversa e inclusiva, destacando a diversidade cultural capixaba. Um exemplo foi a sua edição anterior realizada em 2022 que promoveu um verdadeiro mosaico de expressões, permitindo que o público, e especialmente a classe artística local, pudesse conhecer e apreciar essa diversidade.

“Na última edição realizada em 2022, o Cultura em Toda Parte deixou um legado duradouro. Ele fortaleceu a produção artística e cultural, gerou renda para profissionais do setor e, acima de tudo, trouxe um sopro de esperança e renovação para nossas comunidades perante a recuperação do setor artístico na época da Pandemia da Covid -19. Estamos certos de que o Cultura em Toda Parte 2024 continuará a inspirar e a transformar essa multiplicidade, dando continuidade e fazendo da cultura um elemento vital para o desenvolvimento social e econômico do Espírito Santo”, destaca Fabricio Noronha.

Chamamento Público

As inscrições do chamamento público para apresentações artísticas no Mapa Cultural começam nesta quarta-feira (10) e terminam no próximo dia 31, por meio da plataforma do Mapa Cultural. Serão selecionadas 144 propostas de atividades que envolvam a realização de oficinas, palestras, shows e espetáculos nas mais diversas linguagens artísticas, que tenham, obrigatoriamente, finalidade cultural, e sejam realizados de forma gratuita, incluindo espaços culturais dos municípios capixabas em dez finais de semana. A chamada pública aberta para artistas, grupos culturais capixabas e demais interessados em integrar o programa terá cachês de até R$ 6 mil. A previsão de data do resultado do chamamento é do dia 15 de agosto de 2024   

Idealizada pela Secretaria da Cultura (Secult), o Cultura em Toda Parte 2024 está sendo gerida por duas organizações da sociedade civil: os institutos IBCA e Raízes. As instituições foram selecionadas por meio da Lei Paulo Gustavo e vão selecionar os artistas para as apresentações culturais e oficineiros para ministrarem as oficinas e palestras sobre temas relevantes da cultura, durante os meses de agosto até dezembro com diversos profissionais para serem contratados. O valor total do apoio do presente edital foi de R$ 2,1 milhões.

O projeto “Cultura em Toda Parte” – Circulação e Difusão de Atividades Artísticas e Culturais no estado do Espírito Santo foi formalizado, em Termo de Colaboração. 

Atrações do Parque Aberto:

Contação de história “o sumiço do galo vermelho” da escritora Ione Duarte

De acordo com a escritora Ione Duarte, “O Sumiço do Galo Vermelho” é uma aventura da personagem Vivi, em que se relata as vivências de uma menina e a possibilidade da interação com uma animada história.

Outro detalhe, segundo Ione, é que atividade da contação de história é direcionada no processo de formação de como as crianças internalizam o mundo que consome, na necessidade de que elas cresçam em um ambiente educacional saudável que valorize suas particularidades e na urgência em atualizar as referências delas. “O momento será de estimular a oralidade das crianças, onde elas poderão expressar ideias, sentimentos e vivências. O contato com a natureza sempre é uma boa opção para renovar as energias”, destaca a escritora.

 

Apresentação de Dança Búredì, Projeto EluzArtes

 Inspirado no trabalho das paneleiras de Goiabeiras, em Vitória, o espetáculo “Búredì” é sobre mulheres. “É um mergulho na diversidade das bailarinas intérpretes do Projeto EluzArtes, criando uma atmosfera ritualística”, afirma a dançarina Lalau Martins, idealizadora e realizadora do “Búredì”. Criada em Vitória em 2009, a companhia de dança profissional é referência por focar na maturidade das integrantes, explorando seus corpos em movimento, com diversas linguagens.

 A produção teve início em 2023, contando com a realização de duas visitas técnicas, duas residências artísticas e várias oficinas presenciais e digitais, sempre com a intensa presença da coreógrafa contratada para o projeto, a renomada multiartista carioca Giselda Fernandes. “Búredì” conta com recursos do Fundo de Cultura do Estado do Espírito Santo (Funcultura), da Secretaria da Cultura (Secult).

As bailarinas do Projeto EluzArtes são Bartira Zanotelli, Eluza Santos (diretora-geral do Projeto EluzArtes), Isabella Ferreira, Lalau Martins, Maria Helena Braga, Meryele Stinghel e Valéria Calmon. O projeto “Búredì” conta ainda com produção de Gabriela Prado; fotos e vídeos de Penny Kopernick e Niara Chaves; trilha sonora de Mfive; iluminação de Maytê Hensso; assessoria de imprensa de Altercom Comunicação Empresarial; e apoio do Museu Capixaba do Negro (Mucane), da Escola CriDança e do Alma Andaluza Estúdio de Dança.


Show de Encerramento:  Show com Eloá Puri 

O show “Ah Lekah Txori” Faz parte da Circulação da cantora e compositora indígena capixaba Eloá Puri. No espetáculo musical ainda terá a realização de uma roda de conversa, intitulada “Composição indígena contemporânea como instrumento de memória” em cada local, como forma de fomentar o diálogo entre compositora e público e suscitar discussões acerca da cena cultural indígena contemporânea brasileira e, principalmente, do Espírito Santo.

O show faz parte do plano de carreira da artista, que está em fase de difusão da sua música. O show, criado após o lançamento do seu álbum “Luare”, em 2022, é composto de músicas autorais e suas músicas disponíveis em todas as plataformas digitais. Cantora e compositora do Caparaó capixaba, suas composições são marcadas pela musicalidade indígena e pela representação da paisagem sonora da natureza.


Esculturas

Além das atrações do Festival Parque Aberto, o público poderá conhecer também as 15 novas obras artísticas recém-lançadas no local. Divididas em esculturas, instalações e projetos de intervenção, as produções foram realizadas por 17 artistas do Espírito Santo, de Minas Gerais, São Paulo e Paraná. São trabalhos resultantes do edital lançado em 2023, para selecionar propostas artísticas visando às exposições permanentes e temporárias do parque.

Além de se adaptarem à área externa natural do parque, totalizando 26 obras, as produções se correlacionam e difundem trabalhos de artistas locais e nacionais, contribuindo para os campos das artes visuais, do meio ambiente e da tecnologia.

O parque

Instalado na Residência Oficial do Governo do Estado, o parque foi inaugurado em maio de 2022, como um espaço destinado ao público interessado na produção cultural local, tornando-se ainda a maior galeria de arte ao ar livre do Espírito Santo – que reúne hoje 26 obras de arte permanentes e temporárias, entre esculturas, instalações e site-specifics.

Ocupando uma área de 93 mil metros quadrados, o Parque Cultural Casa do Governador tem sua infraestrutura compartilhada pelas Secretarias da Cultura (Secult) e do Governo (SEG). Aberto à visitação gratuita, o espaço propõe um diálogo entre arte contemporânea e natureza, segundo três eixos temáticos: ambiental, histórico e artístico.

Dica

Aconselhamos levar cadeiras ou cangas para uso durante o evento.

Regras do parque

Para garantir conforto e segurança aos visitantes, bem como preservar o local, conheça as regras do evento no Parque Cultural Casa do Governador:

  • Não há estacionamento no parque. Quem for de carro pode estacionar gratuitamente na garagem do Centro de Reabilitação Física do Espírito Santo (Crefes), próximo ao parque;
  • Crianças com menos de 12 anos não precisam de ingresso;
  • A entrada no parque será permitida até as 12 horas;
  • A permanência no parque será até as 13 horas (encerramento do evento);
  • O local disponibilizará food trucks com comidas e bebidas para venda.
  • É proibido retirar plantas do parque;
  • É proibido fumar no local;
  • É proibido entrar com bebidas alcoólicas;
  • Não é permitido usar área da praia;
  • É permitido entrar com cães, desde que devidamente na coleira;
  • É permitido entrar com bicicleta, mas não pode pedalar dentro do parque;
  • Não é permitido entrar de biquíni e sunga de praia.

Serviço:

PARQUE ABERTO – Lançamento do Culturas em Toda Parte 2024

  • Data: 14/07 (domingo)
    Horário: 09h às 13h  
  • Local: Parque Cultural Casa do Governador, Rua Santa Luzia, Praia da Costa, Vila Velha
    Entrada gratuita, mediante retirada de ingressos na plataforma Sympla nesta terça-feira (09).

 

Programação:
09h30 – Contação de História – O sumiço do Galo Vermelho 
10h – Espetáculo de Dança Búredì 
11h – Lançamento oficial do projeto Cultura em Toda Parte
11h20 – show “Ah Lekah Txori” –  Eloá Puri