― Advertisement ―

spot_img

Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa

O juiz titular da 5ª Vara Federal de Campo Grande (MS), Luiz Augusto Iamassaki Fiorentino, negou novo pedido da defesa de Ronnie Lessa para...

Moradora do bairro Lagoa do Meio é o primeiro óbito confirmado por Dengue em Linhares

Uma mulher de 56 anos, identificada como Elisceia Cardoso da Silva, morreu com o diagnóstico de dengue em Linhares. O caso foi confirmado nesta terça-feira (20) pela Vigilância Epidemiológica do município e é a segunda morte registrada no Estado pela doença em 2024.

A vítima tinha comorbidades, era moradora do bairro Lagoa do Meio e veio a óbito no dia 7 de fevereiro. O caso estava sob investigação.

Em entrevista, o filho de Elisceia, o soldador Jair Cardoso da Silva, disse que o caso da mãe se agravou muito rápido. Segundo ele, Elisceia foi inicialmente atendida no Hospital Geral de Linhares, onde o quadro se agravou e, por isso, ela precisou ser transferida para um hospital em Colatina, onde não resistiu às complicações e foi a óbito.

Dois casos em investigação

Além da morte de Elisceia, outros dois óbitos estão em investigação no município de Linhares. Segundo a Secretaria de Saúde da cidade, as vítimas são uma mulher de 75 anos e um homem de 93 anos. Os dois foram a óbito no mês de fevereiro.

Até o momento, de acordo com a secretaria, Linhares tem mais de 1400 casos confirmados de dengue e mais de 2 mil notificações da doença, sendo que 660 casos ainda estão em investigação. A prefeitura alerta que grande parte dos focos do mosquito transmissor, o aedes aegypti, são encontrados dentro das casas.

“Por mais que a secretaria de saúde trabalhe a assistência e cuidado ao paciente, nós dependemos da população para acabar com os focos do mosquito. Temos que analisar nosso quintal, plantas… Tudo o que pode acumular água. Se a população não ajudar, não vai ter leito suficiente e nós vamos perder pessoas”, Sônia Dalmolin, Secretária de Saúde de Linhares.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Linhares reforçou que é importante que a população procure atendimento médico logo nos primeiros sintomas para evitar o agravamento da doença e a possível evolução para a morte.

Fonte: Site de Linhares

Moradora do bairro Lagoa do Meio é o primeiro óbito confirmado por dengue em Linhares