― Advertisement ―

spot_img

Copa Richarlison reúne centenas de jovens talentos e observadores de grandes times do Brasil

  Aconteceu no final de semana, a 2ª edição da Copa Richarlison de Futebol de Base. A competição contou com 48 equipes, nas categorias sub...

Ministério das Comunicações celebra os 361 anos dos Correios e o Dia do Carteiro

Neste 25 de janeiro, os Correios completam 361 anos de contribuição vital para a comunicação e integração no Brasil, comemorando também o Dia do Carteiro. Essa data marca o início da entrega de correspondências no país, ressaltando o papel fundamental do carteiro como símbolo da empresa. A estatal é a única empresa do setor que atente todas as cidades brasileiras. “Os Correios têm uma importância estratégica fundamental na infraestrutura logística para o país. Sua capilaridade torna os Correios um instrumento determinante para inclusão social” destacou o ministro das Comunicações Juscelino Filho.

Originados em 1663 no Rio de Janeiro como “Correio-Mor”, os Correios evoluíram ao longo dos anos, culminando na criação da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) em 1969, como empresa pública vinculada ao Ministério das Comunicações (MCom). Hoje, os mais de 46,7 mil carteiros dos Correios levam milhões de objetos aos seus destinos, todos os dias.

“Os carteiros têm a capacidade levar cidadania e desenvolvimento às pessoas. Em muitas regiões, são os serviços postais que garantem o acesso de milhares de brasileiros a benefícios e oportunidades essenciais” comentou o ministro. O trabalho dos Correios não se limita apenas ao serviço postal; abrange a distribuição de encomendas, serviços bancários, entrega de vacinas, remédios e até mesmo a distribuição de provas do ENEM.

“Nossa gestão entende que a comemoração dessa data passa por reconhecimento e estamos fazendo isso em forma de benefícios e investimentos em nossas carteiras e nossos carteiros e em seus ambientes de trabalho. Entre os muitos avanços estão a criação de um programa de bolsas de estudo para que os profissionais de nível médio da empresa, como carteiras e carteiros, possam cursar a faculdade de sua escolha, e a destinação de R$ 40 milhões para a reforma de unidades com atuação desses profissionais em todo Brasil em 2024”, diz o presidente dos Correios, Fabiano Silva dos Santos.

Em dezembro do ano passado, foi sancionada a legislação que estabelece a contratação preferencial dos Correios e da Telebras por órgãos públicos federais. “Esta medida assegura a eficiência, qualidade e confiabilidade na prestação de serviços essenciais à população e o desenvolvendo o setor público brasileiro”, celebrou o ministro das Comunicações. Ele também lembrou que o fortalecimento dos Correios é uma determinação do presidente Lula, que já no dia 2 de janeiro de 2023 solicitou a retirada da entidade do Programa Nacional de Desestatização (PND).

LEIA MAIS:Sancionada Lei que prioriza contratação dos Correios e Telebras pela administração pública

Investimento

Dentro das ações de fortalecimento das empresas públicas, R$ 856 milhões serão destinados para modernização do parque logístico nacional dos Correios pelo Novo PAC. Os recursos serão utilizados para a aquisição de novos sistemas automatizados de triagem, além da construção de centros de serviços postais em locais estratégicos do país.

O programa vai destinar R$ 380 milhões para a construção de cinco Centros de Serviços Postais para ampliar a capacidade de processamento dos objetos nacionais e internacionais.

Outros R$ 476 milhões serão investidos na instalação de 10 novos sistemas de triagem automatizada de encomendas, modernizando o Parque Logístico Nacional dos Correios. A previsão é concluir toda a infraestrutura até 2026.

LEIA MAIS:Recursos do Novo PAC serão destinados a modernizar e ampliar infraestrutura dos Correios “Complexo Operacional dos Correios de São Luís será um dos maiores e mais modernos da região Norte/Nordeste”, afirma Juscelino Filho

Sobre os Correios

Os Correios, líderes no segmento logístico e de entrega de encomendas no Brasil e responsáveis pela atividade postal nacional, são uma empresa pública moderna, com a missão de conectar pessoas, instituições e negócios por meio de soluções acessíveis, confiáveis e competitivas. Presente em todos dos municípios do País, a estatal realiza a importante função de integração e de inclusão social, papel indispensável para o desenvolvimento nacional, por meio de uma rede de atendimento de mais de 10 mil agências, mais de 8 mil unidades operacionais, 23 mil veículos e 87 mil empregadas e empregados diretos. Para mais informações, acesse: www.correios.com.br.

 

Texto: ASCOM | Ministério das Comunicações • mais informações: imprensa@mcom.gov.br | (61) 2027.5530

CORREIOS4.jpg

(Foto: Samy Sousa/MCom)

Iases recebe novas viaturas