― Advertisement ―

spot_img

Ibovespa fecha em queda de 0,58% e começa a quarta-feira aos 123,7 pontos

  O Ibovespa (índice da bolsa de valores brasileira) caiu 0,58% e fechou a terça-feira(28) a 123,7 mil pontos. A alta da inflação de consumo...

Secretaria de Direitos Humanos e Instituto Jones lançam livro sobre monitoramento e avaliação dos CRJs

A Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) e o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) realizaram, nessa terça-feira (19), o lançamento do livro Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas: A experiência dos Centros de Referência das Juventudes (CRJs) no Espírito Santo. O evento aconteceu no auditório do Hub ES+, em Vitória, e contou com a presença de gestores do poder público estadual, pesquisadores e representantes de entidades ligadas às juventudes.

A publicação apresenta em detalhes a pesquisa iniciada em 2021 que monitorou e avaliou os Centros de Referência das Juventudes situados em Feu Rosa, na Serra, e em Terra Vermelha, em Vila Velha. O estudo foi realizado no âmbito do Sistema de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas do Espírito Santo (SiMAPP) e contou ainda com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

Em sua fala, o secretário de Economia e Planejamento e coordenador do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, Álvaro Duboc, destacou a importância de um sistema de avaliação e monitoramento para o avanço das políticas públicas no Estado.

“Já é comprovado e extremamente notável o quanto o acompanhamento sistemático dos programas e projetos refletem positivamente nas entregas do governo. Nosso escritório de projetos monitora diariamente o andamento da carteira de projetos estratégicos do Governo do Estado, com participação direta do governador Renato Casagrande. As avaliações do SiMAPP se somam e enriquecem muito este acompanhamento. São análises mais profundas, em que os pesquisadores conseguem filtrar indicadores importantes, e, sobretudo, a percepção dos agentes locais e dos beneficiários dos projetos”, pontuou.

Ele continuou: “No caso dos CRJs, o livro lançado nos traz reflexões e uma alegria enorme. Nos mostra que estamos no caminho certo. O Programa Estado Presente em Defesa da Vida tem um eixo de atuação no campo policial, na repressão e no combate ao crime. Mas é importante destacarmos o impacto positivo que as ações do Programa no âmbito social vêm trazendo para a sociedade capixaba. Os CRJs são espaços de conhecimento, formação, oportunidade, socialização e de apoio. E hoje já podem ser considerados um divisor de águas na vida desses jovens e a pesquisa mostrou isso, com mais de 90% dos próprios jovens que frequentam os espaços avaliando os Centros como ‘ótimos’.”

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, também destacou a importância do trabalho. “A implantação e a manutenção dos Centros de Referência das Juventudes é um marco em nosso Estado e essa pesquisa, tão bem executada, nos dá subsídios para a cada dia aperfeiçoarmos mais o trabalho desenvolvido nesses espaços”, disse.

Para o diretor-geral do Instituto Jones dos Santos Neves, Pablo Lira, o lançamento do livro “é mais uma etapa da história sendo contada”.

“Esse livro relata a história de uma pesquisa ativa, parte do Sistema de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas que o Instituto Jones coordena, com participação de várias secretarias. Tudo com total transparência e disponível a todos. É o Espírito Santo inovando, desenvolvendo pesquisa ciência para aprimorar políticas públicas com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população capixaba”, celebrou Pablo Lira.

Roda de conversa

O lançamento contou com a participação das pesquisadoras e autoras do livro, Sandra Mara Pereira, Adriana Elisa de Alencar Macedo, Catarina Paes Henriques e Rovana Patrocinio Ribeiro. Elas dialogaram com os convidados em uma roda de conversa sobre a pesquisa realizada e os desafios enfrentados na sua concepção. 

Sandra Mara Pereira, que coordenou a pesquisa, destacou a importância do trabalho e a expectativa com a publicação. “Os CRJs têm se mostrado uma política potente para as juventudes, e são muito importantes os resultados que encontramos nessa pesquisa. A nossa expectativa é que o livro possa se tornar um instrumento útil para gestores, para as juventudes e para aqueles e aquelas que desejarem se aproximar e compreender um pouco mais sobre este universo”, explicou.

Todos os participantes do evento receberam um exemplar do Sumário Executivo da pesquisa de Monitoramento e Avaliação dos CRJs, que reúne os principais resultados encontrados. A versão impressa do livro foi entregue aos representantes das instituições parceiras para que sejam disponibilizadas em bibliotecas e espaços de leitura. A publicação também está disponível em versão digital, podendo ser acessada gratuitamente em: https://ijsn.es.gov.br/publicacoes/livros/a-experiencia-dos-centros-de-referencia-das-juventudes-crjs-no-espirito-santo.

Colaboração: Stefhani Paiva