― Advertisement ―

spot_img

Imagem da Mãe Peregrina completa 115 anos de devoção em Nova Venécia

A imagem de Nossa Senhora Mãe Peregrina, até recentemente reverenciada como Nossa Senhora dos Anjos, foi esculpida para a extinta capela fundada pelos migrantes...

Fapes lança edital Bolsa Pesquisador Capixaba com investimento de R$ 2,5 milhões

Com o objetivo de impulsionar os avanços científicos e tecnológicos em todo território capixaba, o Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), abriu o Edital 22/2023 – Bolsa Pesquisador Capixaba (BPC). A chamada pública disponibiliza mais de R$ 2,5 milhões e oferece 60 bolsas de produtividade para pesquisadores do Estado, com duração de 36 meses cada e valor individual de R$ 1,2 mil por mês.

O investimento é proveniente do Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec) e a BPC reforça o compromisso do Governo do Estado em valorizar e reconhecer os pesquisadores que apresentam contribuições notáveis para os avanços científicos e tecnológicos do Espírito Santo. Além disso, busca estimular o aumento da produção técnico-científica entre os pesquisadores capixabas, fomentando a ampliação do número de pesquisadores no Estado contemplados com bolsas de produtividade em pesquisa ou bolsas de desenvolvimento tecnológico inovador e extensão pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Das 60 bolsas disponibilizadas no edital, 50 se enquadram na categoria BPC-PQ, enquanto 10 pertencem à categoria BPC-DT, conforme as modalidades abaixo:

  • BPC-PQ (Produtividade em Pesquisa): Voltado para pesquisadores que se destacam entre seus pares na produção científica e tecnológica.
  • BPC-DT (Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora): Adaptado para pesquisadores que se destacam em desenvolvimento tecnológico, transferência de tecnologia e inovação.

No intuito de promover a descentralização e interiorização das atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico, inovação e extensão, 30% dos recursos financeiros serão priorizados para propostas de pesquisadores vinculados a instituições localizadas fora da Região Metropolitana da Grande Vitória.

Quem pode concorrer as bolsas?

  • Para BPC-PQ: ter título de doutor há no mínimo cinco anos até a data limite para submissão de propostas ao Edital.
  • Para BPC-DT: ter título de doutor há pelo menos cinco anos até a data limite para submissão de propostas ao Edital ou ter perfil tecnológico equivalente, neste caso é necessário ter pelo menos curso superior concluído.

Além de ter vínculo com instituição de ensino superior e/ou pesquisa localizada no Espírito Santo. Outros requisitos incluem a ausência de bolsa Pesquisador Capixaba em andamento no âmbito do Edital Fapes 06/2022 e a ausência de bolsa de produtividade ativa do CNPq, independentemente de categoria ou nível.

Outro ponto que requer atenção é referente ao mérito da proposta que leva em consideração a relevância para os interesses sociais, econômicos, científicos e tecnológicos do Espírito Santo; o impacto social; a comunicação com a sociedade; originalidade; sustentabilidade da proposta ou da pesquisa envolvida e que promova o diálogo e cooperação entre diferentes áreas do conhecimento.

Como inscrever propostas no edital?

As propostas devem ser submetidas exclusivamente por meio da plataforma SigFapes (www.sigfapes.es.gov.br). O prazo final para inscrição de propostas é às 17h59 do dia 1º de março.

Serviço: