― Advertisement ―

spot_img

Barra de São Francisco em evidência na Feira dos Municípios 2024

A Feira dos Municípios de 2024, realizada no Pavilhão de Carapina, na Serra, registrou a presença de 80 mil visitantes ao longo de seus...

Espírito Santo registra queda de 37,5% em homicídios no mês de janeiro

Em janeiro de 2024, houve uma redução de homicídios e feminicídios no Espírito Santo. Dos 77 assassinatos registrados, apenas cinco foram de mulheres, sendo que dois deles são classificados como feminicídio. Na comparação com o mesmo mês em 2023, houve uma redução de 37,5% no número de homicídios. Os dados são da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do estado.

Na opinião do especialista em segurança pública e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública Cássio Thyone, a queda da criminalidade no estado, em especial dos homicídios, não tem uma única explicação, mas vários fatores podem ter contribuído para isso. 

“Entre eles, a utilização da Inteligência no que diz respeito ao emprego de dados, de evidências quando se faz planejamento e se elaboram planos de segurança. Ou seja, quando se empregam políticas públicas voltadas para a segurança pública. Uma questão importante também é notar que a queda ela se dá por um período longo, então não são apenas ações de curto prazo, são ações de médio e longo prazo”, ressalta.

Para ele, outro fator que pode ter influenciado esse resultado é a mudança na pirâmide etária da população, que vem se tornando mais velha, tirando da faixa de maior risco um número maior de pessoas que poderiam estar envolvidas em crimes. 

Dados de homicídios no ES

As regiões metropolitana, serrana e sul do estado registraram uma redução no número de homicídios dolosos, ao passo que as regiões noroeste e norte apresentaram aumento. Os dados são de janeiro de 2024, em relação ao mesmo mês do ano passado.

Homocídio doloso por região:

  • Metropolitana: -12,6%
  • Noroeste: 27,4%
  • Sul: -15,6%
  • Norte: 13,1%
  • Serrana: -1,8%

No total, 50 municípios no Espírito Santo não reportaram qualquer ocorrência de homicídio.

Leia mais:

Brasil registra, só em 2022, 610 casos de lesões corporais que levaram à morte das vítimas<\/a>

Pagamento por Aproximação ganha preferência entre jovens e desafia segurança cibernética<\/a>

<\/a><\/a><\/a><\/a>

Em janeiro, os homicídios caíram no Espírito Santo. Foto: Fernando Frazão/Arquivo/Agência BrasilEm janeiro, os homicídios caíram no Espírito Santo. Foto: Fernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil