― Advertisement ―

spot_img

Cerveja, vinho e caipirinha de graça: Pomitafro 2024 deve reunir 40 mil pessoas

A tradicional festa Pomitafro, maior festival de integração étnico-cultural da região sudeste, celebra sua 25ª edição nos dias 30 e 31 de agosto e...

Espírito Santo integra 3ª fase da Operação Mute

A terceira fase da Operação Mute foi iniciada no Estado nesta quarta-feira (31). A ação nacional é uma iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), para eliminar a comunicação ilegal nos presídios do País. No Espírito Santo, policiais penais atuam em quatro unidades prisionais da Região Metropolitana da Grande Vitória. A operação é coordenada pela Secretaria da Justiça (Sejus) e segue até a próxima sexta-feira (02).

Servidores da Diretoria de Operação Tática (DOT) e o Grupamento de Operações com Cães (GOC) atuam com ações de revistas nas celas para localizar materiais ilícitos. Também participam policiais penais da Diretoria de Segurança Penitenciária (DSP).

O subsecretário de Inteligência Prisional da Sejus, Rafael Pacheco, ressalta que nas fases anteriores da Operação Mute, nenhum celular foi encontrado nas unidades do Estado. “Intensificamos as ações nas unidades prisionais durante a Operação Mute. Temos uma rotina de revista frequente e servidores comprometidos com a gestão do sistema prisional. Não localizar aparelhos celulares ou materiais ilícitos de grande vulto só demonstra nossa preocupação com o controle do sistema prisional capixaba e com a segurança pública”, disse Rafael Pacheco.

Em 60 estabelecimentos penais do País, a Operação Mute resultou na apreensão 2.460 telefones celulares, além de duas armas de fogo. No Espírito Santo, nenhum celular foi encontrado durante as ações realizadas na Penitenciária Estadual de Vila Velha 1 (PEVV1), Centro de Detenção Provisória da Serra (CDPS), Penitenciária de Segurança Máxima 1 (PSMA1) e Penitenciária de Segurança Máxima 2 (PSMA2).

A operação ocorre em unidades prisionais de 20 estados: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins. Nos próximos dias, os demais estados da federação darão continuidade com ações pontuais, totalizando as 27 unidades federativas.