― Advertisement ―

spot_img

Cinco pessoas morrem em acidente na BR-101 no ES

Cinco pessoas morreram em um grave acidente na madrugada deste sábado (13), na BR-101, em Presidente Kennedy, no Sul do Espírito Santo. De acordo com o Centro de...

ES: acusado em esquema de jogo do bicho pede à Justiça para disputar campeonato de pôquer

Um dos empresários acusados de integrar um esquema de lavagem de dinheiro no Espírito Santo por meio do jogo do bicho fez um pedido inusitado à Justiça estadual.

Ele, que atualmente está em liberdade provisória, e que faz parte do grupo de cinco empresários presos, em junho do ano passado, no âmbito da Operação Frisson, do Ministério Público Estadual (MPES), pediu autorização para participar de um campeonato de pôquer em Fortaleza, no Ceará.

Conforme informações do processo em que é réu juntamente com outras sete pessoas, o campeonato para o qual o empresário pretendia ser liberado acontece entre os dias 03 e 07 de abril deste ano.

No pedido, o acusado afirma que é jogador de pôquer profissional e que gostaria de participar do torneio em Fortaleza.

O juiz Daniel Barrione de Oliveira, da 6ª Vara Criminal de Vila Velha, no entanto, indeferiu o pedido do acusado.

Por outro lado, na mesma decisão, que é do último dia 4, o magistrado autorizou que o empresário viajasse ao Rio de Janeiro, a trabalho, entre os dias 5 e 7 deste mês.

Ao negar a ida do empresário para o campeonato na capital cearense, o juiz ressaltou o fato de ele figurar em um processo que trata justamente sobre lavagem de dinheiro por meio de jogos de azar.

“Não se mostra adequado autorizar uma pessoa que tem contra si lavagem de dinheiro e exploração ilegal de jogos (jogo do bicho) a participar de um campeonato de poker (sic), no qual poderia ser uma forma de encobrir outros crimes”, ressalta  o magistrado na decisão.

Procurada na tarde desta quarta-feira (27), a defesa do empresário disse que não se manifestaria sobre o assunto.