― Advertisement ―

spot_img

Posso tomar a vacina contra a dengue?

Atualmente, existem duas opções de vacina para dengue aprovadas pela Anvisa no Brasil. A Dengvaxia, da Sanofi, e a Qdenga, da empresa chamada Takeda....

Bombeiros do Espírito Santo partem para missão no Rio Grande do Sul

Uma equipe composta por 11 militares do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) saiu nesta sexta-feira (03), rumo ao Rio Grande do Sul. A missão é auxiliar nas buscas e atendimento às vítimas das últimas chuvas que acometeram o estado gaúcho. A guarnição é composta por militares do Centro Especializado de Resposta a Desastres (Cerd), a unidade do CBMES especializada em atendimentos de desastres de grandes proporções.

Os bombeiros saíram de Vitória por volta das 11h da manhã desta sexta-feira e a previsão é que estejam no Rio Grande do Sul na manhã de domingo (05). Além dos 11 militares, dois cães de buscas integram a equipe: Brisa e Fênix.

“O Espírito Santo sofreu recentemente com as fortes chuvas que atingiram 13 municípios e deixou um rastro de destruição e, infelizmente, com perdas de vidas. Agora vemos o mesmo acontecer no Rio Grande do Sul. Prontamente coloquei nossa estrutura à disposição do governador Eduardo Leite e estamos enviando militares e cães para ajudar na busca de vítimas. Nesse momento é importante que todos possam ajudar e como temos um Corpo de Bombeiros referência no Brasil, vamos poder ajudar no que for possível”, afirmou o governador Renato Casagrande.

A ida de militares capixabas ao Rio Grande do Sul foi autorizada pelo governador capixaba. Assim que a autorização foi concedida, os bombeiros iniciaram a mobilização e o preparo dos materiais, para que a saída ocorresse o mais rápido possível. O comboio é composto por duas caminhonetes, um micro-ônibus, um caminhão e um reboque para o transporte dos cães. A guarnição está levando, ainda, quatro embarcações, dois drones e equipamentos de busca e resgate.

Na manhã desta sexta-feira, o acionamento chegou por meio do Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (Ligabom), que instalou um gabinete de crise para coordenar o envio de recursos de outros Estados ao Rio Grande do Sul. Em cerca de duas horas, os capixabas saíram da base do Cerd, na Serra, rumo à missão.

“Temos um histórico de integração com outros Estados e, em um momento de crise como o que o Rio Grande do Sul está vivendo, todo apoio é importante. Nosso governador, Renato Casagrande, com grande sensibilidade, autorizou o envio de recursos e, neste momento, nossos bombeiros estão indo para esta nobre missão, e cumprirão seu dever com primor”, explicou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alexandre Cerqueira.