― Advertisement ―

spot_img

Major Coimbra é homenageado com a Medalha Vasco Fernandes Coutinho

Em uma cerimônia marcada pela emoção e reconhecimento, o Major Coimbra, Chefe da Divisão Administrativa do 11° BPM, foi agraciado com a Medalha Vasco...

Após lancharem juntos, homens são assassinados em intervalo de 6 minutos, em São Gabriel da Palha

Dois homens foram assassinados em um intervalo de seis minutos na noite desta quarta-feira (13), nos bairros Santa Helena e Asa Branca, em São Gabriel da Palha, no Noroeste do Espírito Santo. Os mortos foram identificados como Genivaldo Correia Lisboa, e Evaldo Pereira Santos, de 46 anos. As duas vítimas lancharam juntas na noite do crime.

Segundo a Polícia Militar, o primeiro homicídio ocorreu às 23h02 no bairro Santa Helena, às margens da rodovia ES 137. De acordo com a PM, a corporação recebeu um chamado dando conta de que havia ocorrido um homicídio, e ao chegar no local, a equipe constatou o fato. Testemunhas contaram terem ouvidos cerca de quatro disparos de arma de fogo, e perceberam que os suspeitos estavam em uma motocicleta de cor preta. A vítima, Genivaldo Correia Lisboa, estava morando nos fundos de um bar há cerca de três meses. O perito da Polícia Científica (PCIES) constatou que a vítima foi atingida por três disparos de arma de fogo.

O segundo homicídio, conforme a PM, foi registrado às 23h08, perto de um centro comunitário e de uma mercearia, no bairro Asa Branca. Segundo a PM, a corporação recebeu um chamado de um segundo homicídio, e ao chegar no local, a equipe constatou o fato. A vítima foi identificada como Evaldo Pereira Santos, de 46 anos. Ninguém soube dizer quem poderia ter cometido o crime, mas informações levantadas pela inteligência da Polícia Militar dão conta de que a vítima dois dois homicídios lancharam juntas na noite do crime, no bairro Asa Branca.

A Polícia Militar informou que fez buscas, mas os criminosos não foram encontrados. Disse ainda que está “empenhada” no combate ao crime e que qualquer informação que possa ajudar identificar os assassinos, pode ser repassada por meio dos telefones 190 (Polícia Militar) ou 181 (Disque-denúncia).

 

Dólar: moeda custa R$ 5,12