― Advertisement ―

spot_img

Alunos do Espírito Santo aprendem sobre consumo consciente e seguro de energia por meio de realidade virtual

 

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, está realizando no estado mais uma edição do Projeto Realidade Virtual. Nos dias 9 e 10 abril, a iniciativa acontece na EMEF Professora Valéria Maria Miranda, na Serra. Já no dia 11, o projeto estará na EMEF Ayrton Senna, em Cariacica. Entre os dias 12 e 17 de abril será a vez da escola Paulo César Vinhas, em Vila Velha. Ao todo, cerca de 1.800 estudantes devem participar da ação, realizada em parceria com a ZAZ Produções.

O projeto envolve a utilização de ferramentas de realidade virtual e produções audiovisuais no ensino e os conteúdos apresentados para os jovens e crianças buscam contribuir para o aprendizado do tema proposto pelo programa, que, neste ano, é o Consumo Consciente e Seguro de Energia. A iniciativa faz parte do Programa EDP nas Escolas, que tem como objetivo colaborar com a qualidade do ensino público por meio de ações formativas, extracurriculares, de inclusão digital, de cidadania e de melhoria do ambiente escolar.

Os alunos do 4º ao 9º ano terão a oportunidade de explorar conteúdos relacionados ao tema utilizando óculos de realidade virtual. Após a atividade, os jovens respondem a um questionário sobre o tema proposto e sobre a experiência. Já para os alunos do 1º ao 3º, o conteúdo é apresentado por meio de um filme. Óculos de realidade virtual não são indicados para crianças muito novas e, por isso, é oferecida uma experiência especialmente desenvolvida para os pequenos.

“Criar o hábito de um consumo consciente e seguro de energia não traz somente economia e segurança, mas também sustentabilidade. E o trabalho de criar essa consciência precisa começar desde cedo. Em função disso, acreditamos que o projeto Realidade Virtual seja um grande aliado na causa, pois é com a educação das crianças e jovens que transformamos a sociedade”, destaca Dominic Schmal, diretor de ESG da EDP Brasil.

EDP nas Escolas

O Programa EDP nas Escolas está alinhado à agenda 2030 da ONU, que estabelece 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) a serem atingidos nos próximos sete anos. Com esta iniciativa, a EDP colabora para as metas dos ODS 1 (erradicação da pobreza), 4 (educação de qualidade), 10 (redução das desigualdades) e 11 (cidades e comunidades sustentáveis).

Além do projeto Realidade Virtual, também faz parte do EDP nas Escolas o projeto Inclusão Digital. Fruto de uma parceria entre a EDP e a Sincroniza Educação, a iniciativa visa promover a inclusão digital em escolas públicas de todo o país por meio da capacitação de professores, da doação de tablets e da disponibilização de material e conteúdo digital a ser trabalhado em sala de aula.

Sobre a EDP no Brasil

O grupo EDP atua em quatro regiões mundiais – América do Norte, Ásia Pacífico, Europa e América Latina – e está presente no Brasil há mais de 27 anos. Suas empresas, EDP Brasil e EDP Renováveis Brasil, possuem R$ 41 bilhões em ativos no país, caracterizando essa como a segunda maior operação do grupo. A empresa conta com mais de 12 mil colaboradores diretos e terceirizados no Brasil e atua nos segmentos de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia, além de desenvolvimento, construção e manutenção de ativos eólicos, solares e hidrogênio verde. A EDP oferece ainda soluções de energia voltadas ao mercado B2B, como geração solar distribuída, mobilidade elétrica e venda de energia no mercado livre. Em Distribuição atende cerca de 3,8 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Referência em ESG, a EDP voltou a ser reconhecida como a empresa elétrica mais sustentável do mundo pelo índice Dow Jones, além de ter sido incluída no índice de Igualdade de Género da Bloomberg. Em seus mercados de atuação na Europa e América do Sul – Brasil, Chile e Colômbia – a EDP conquistou o Top Employer 2024, além de ter sido eleita por quatro anos consecutivos a empresa mais inovadora do setor elétrico brasileiro pelo Valor Econômico.