― Advertisement ―

spot_img

Caminhada no centro de Barra de São Francisco contra exploração sexual infantil

Dentro da programação do Maio Laranja, movimento que visa o combate ao abuso sexual infantil, aconteceu nesta, quarta-feira (15), às 9h, uma caminhada do...

Soldado da PM é baleado na cabeça durante abordagem no Dia do Trabalhador no Espírito Santo

Um soldado da Polícia Militar foi baleado na cabeça durante uma abordagem a um carro, na noite desta quarta-feira (1°), feriado do Dia do Trabalho, no bairro Cidade Pomar, na cidade de Serra, Região Metropolitana da Grande Vitória, no Espírito Santo. Um suspeito também foi baleado por policiais militares. Após o ocorrido, o comandante-geral PM, coronel Douglas Caus, informou ter determinado que o bairro seja ocupado por tropas militares permanentemente até a identificação e a prisão dos autores do crime.

Uma viatura patrulhava a Avenida Laranjeiras, quando os policiais avistaram um veículo que mudou de direção e começou a fazer manobras perigosas. Os PMs deram sinal de parada ao carro, com sinais luminosos e sonoros, que desrespeitou a ordem e empreendeu fuga.  Os policiais solidiaram apoio de outras equipes policiais da região. O veículo com os suspeitos terminou colidindo na Rua Jabuticaba, no bairro Cidade Pomar.

Após a colisão, os policiais foram atacados com tiros vindos dos ocupantes do carro. Os PMs revidaram. Dois suspeitos teriam saído do carro com armas em punho, e se rendido. Um soldado da PM foi em direção ao carro para verificar se havia mais alguém no carro, momento em que um suspeito que estava deitado na parte de trás do veículo atirou contra o soldado, o atingindo na cabeça. O suspeito também foi baleado. Enquanto o PM era socorrido pelos colegas, os dois criminosos que haviam se rendido fugiram.

O soldado foi socorrido pelos colegas para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra.

O comandante-geral da Polícia Militar capixaba, coronel Douglas Caus, foi às redes sociais onde falou sobre o caso. “Estivemos no hospital agora a pouco para sabermos pessoalmente como está a situação do militar, sendo informado que ele está estável”, informou o comandante.

“Após a hostilidade dos criminosos, determinamos uma saturação no Bairro Cidade Pomar, na Serra, que será ocupado permanentemente até a identificação e prisão dos autores desse crime”, avisou Caus. O comandante também lamentou que um soldado do Estado, tenha sido alvo de uma agressão grave no Dia do Trabalhador: “Esse é um fato lamentável ocorrido em pleno feriado do trabalhador, enquanto nossos bravos guerreiros cumpriam seu dever de servir e proteger a sociedade”, disse o coronel Douglas Caus.