― Advertisement ―

spot_img

Preços médios da carne suína se mantiveram estáveis

Os preços do suíno se mantêm estáveis no início desta quinta-feira (25), com o quilo da carcaça suína especial cotado a R$ 11,70, em...

Prodest e Banestes promovem palestra sobre gestão financeira e prosperidade

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) e o Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) promoveram, na manhã desta quinta-feira (06), a palestra com o tema “Finanças e Prosperidade”. O palestrante foi o economista-chefe do Banestes, Antonio Marcus Machado.  

Realizado no auditório do Instituto, o evento teve como objetivos ajudar na organização das finanças pessoais e orientar sobre como aplicar o dinheiro. Inicialmente, Antonio Marcus Machado destacou o conceito de prosperidade que está ligado à harmonia, bem-estar e aos bons sentimentos (empatia, generosidade, entre outros).

“É complicado afirmar que as finanças compram a prosperidade. Mas devemos estar atentos para verificar como o avanço tecnológico impacta em nosso estilo de vida e na maneira como obtemos renda (trabalho e uso de crédito)”, destacou Machado.

Na avaliação do economista-chefe do Banestes, a estratégia é peça-chave para conseguir a prosperidade e uma gestão inteligente das finanças. “É preciso ser pragmático para estipular metas (comprar casa, apartamento, viajar para o exterior etc.) e identificar como alcançá-las. Por outro lado, é fundamental saber usar o dinheiro e o crédito para ser próspero”, afirmou.

Controle e investimento

Machado abordou a necessidade de priorizar o controle de gastos. Segundo ele, é valido analisar periodicamente os extratos da conta corrente e da fatura do cartão de crédito para acompanhar melhor as despesas e pensar em alternativas sobre como economizar.

O palestrante também deu dicas ligadas ao investimento das finanças. “Em primeiro lugar, é preciso definir como usar o dinheiro e reconhecer o seu tipo de investidor (arrojado ou conservador, por exemplo). Recomendo procurar a orientação de um gerente ou consultor financeiro antes de aplicar. Além disso, devemos evitar a ambição para não fazer escolhas erradas”, orientou o economista-chefe do Banestes.

O diretor-geral do Prodest, Marcelo Cornélio, disse que a palestra é uma maneira de valorizar o trabalho desenvolvido pelo Banestes. “Temos um banco estatal que presta serviços importantes para a população. Com certeza, é muito útil recebermos orientações sobre como gerenciar nossas finanças pessoais”, pontuou.

Para o diretor de Redes do Banestes, Fernando Valli, o evento é uma forma de ter uma maior proximidade entre o banco e a autarquia. “Temos uma ligação muito forte com o Prodest, que é um grande parceiro na área de Tecnologia da Informação”, acrescentou.

Também estiveram presentes no evento a diretora setorial administrativa do Prodest, Sandra Pimenta, o diretor setorial técnico do Prodest, Carlos Eduardo Meneguelli de Sá, e gestores e funcionários do Banestes.