― Advertisement ―

spot_img

Soja: produtores já podem se preparar para semeadura

Os agricultores que seguem as recomendações do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC) — estudo que identifica regiões e épocas de menor risco climático para...

Polícia Militar realiza solenidade de conclusão do Estágio de Adaptação de Oficiais (EAO)

Na noite desta quinta-feira (07), ocorreu a solenidade militar de conclusão do Estágio de Adaptação de Oficiais (EAO) na Academia de Polícia Militar do Espírito Santo – APM/ES. Durante o evento, 59 tenentes do quadro de oficiais da saúde foram nomeados, incluindo profissionais como Médicos, Dentistas, Enfermeiros, Farmacêuticos Bioquímicos e Médicos Veterinários. 

A solenidade contou com a presença de autoridades como o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Eugênio Coutinho Ricas, e o comandante-geral da PMES, coronel Douglas Caus, além de oficiais diretores, autoridades civis, docentes e padrinhos dos formandos. 

Após o compromisso firmado pela turma, a oradora, 1º tenente Patrícia Antonieta Vieira, expressou votos de sucesso e realização para todos os oficiais, destacando a importância dos valores que regem a corporação. O evento também homenageou o patrono da turma, capitão Lucas Tonini Vieira, e a paraninfa, major Adriana Bravin, que enfatizou o longo caminho percorrido pelos formandos. 

O coronel Douglas Caus ressaltou a importância histórica da data para a instituição, destacando que o último concurso para a maioria das carreiras de oficiais da saúde ocorreu há 30 anos. “Marco histórico da recuperação efetiva e recomposição do nosso efetivo no HPM, todos os formandos têm a grande responsabilidade de avançar na questão da assistência médico-hospitalar não só na Grande Vitória, mas também no interior do estado”, concluiu. O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Eugênio Coutinho Ricas, encerrou a solenidade enfatizando a relevância do cuidado com a saúde dos policiais para garantir a segurança da população capixaba.

O estágio de adaptação dos oficiais especializados teve uma carga horária de 459 horas, durante as quais foram abordadas disciplinas jurídicas, administrativas, formação policial militar e complementares. Esses novos oficiais serão designados em diversas áreas, incluindo neurologia, cardiologia, dermatologia, urologia, psiquiatria, pediatria, farmácia e bioquímica, cirurgia dentária, enfermagem e medicina veterinária. Além disso, eles também estarão envolvidos em atividades de suporte à administração do HPM.