― Advertisement ―

spot_img

Carro bate em veículo estacionado e capota em Montanha

  Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que um carro bate de frente com outro veículo que estava estacionado, na rua José...

PM e bandidos trocam tiros em noite de terror em Ponto Belo

 

Moradores da cidade de Ponto Belo, no Norte do Espírito Santo, voltaram viver com o medo ante o terror tocado por bandidos na noite desta segunda-feira (1). A informação é do repórter Wilson Rodrigues.

Segundo a Polícia Militar, a corporação recebeu informações de que no bairro Vila Nova, em Ponto Belo, haveria uma troca de tiros entre indivíduos ligados ao tráfico de drogas. Equipes foram ao local indicado e encontraram três pessoas armadas. Os suspeitos dispararam contra os militares, que precisaram revidar para repelir  o que a corporação chamou de “injusta agressão”. Após o fato, os três suspeitos fugiram e um deles foi alcançado, um homem de 28 anos. Durante a busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado. A arma utilizada pelo suspeito também não foi localizada, uma vez que o local por onde o indivíduo fugiu era uma área extensa com casas e terrenos. O homem foi conduzido à 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia.

A reportagem demandou informações e posicionamento da Polícia Civil, que será acrescido a este texto.

Dois homens, de 26 e 38 anos, e uma menina de 10, foram baleados na noite de sábado de aleluia (30), durante uma festa em família, no bairro Carvão, em Ponto Belo, no extremo Norte do Espírito Santo. O homem de 38 anos, morreu após ser socorrido. As outras duas vítimas foram socorridas para hospitais da região. No local a polícia recolheu diversas cápsulas deflagradas. As vítimas foram identificadas pela PM como: Júnior do Carmo Vandel Rei (38 anos), que morreu após ser socorrido; Thales do Carmo Pereira de Souza (26 anos); e Isabelly  do Carmo Oliveira (10 anos).

A Polícia Militar informou que foi acionada no final da noite de sábado de aleluia, para ir ao hospital municipal de Ponto Belo, onde havia dado entrada três pessoas baleadas. No local, a equipe constatou que as vítimas tinham 38, 26 e 10 anos. O homem de 26 anos informou que estava em casa, em uma festividade, juntamente com a família, quando cinco suspeitos chegaram e dois efetuaram os disparos. Após o fato, os indivíduos fugiram e não foram localizados. As vítimas foram socorridas por familiares. Após atendimento no hospital municipal, as vítimas foram transferidas ao Hospital Roberto Silvares, em São Mateus.

O crime da noite de sábado de aleluia quebrou o jejum de 7 anos que a cidade estava sem o registro de homicídio.