― Advertisement ―

spot_img

Copa ES 2024: Rio Branco vira, vence o Real Noroeste e sobe na tabela

  Após 18 dias longe dos gramados, o Rio Branco-ES voltou a jogar e saiu de campo com uma vitória de virada pela Copa Espírito Santo 2024. Na noite...

No Vaticano, Silveira discute transição energética com o papa

Ministro de Minas e Energia diz ter “demonstrado” ao pontífice “as políticas inclusivas que o Brasil tem feito em todas as áreas”

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, se encontrou nesta 6ª feira (3.mai.2024) com o papa Francisco, no Vaticano. Ele entregou ao pontífice uma carta pela promoção dos princípios para uma transição energética “justa e inclusiva”, além de trazer ações de combate à pobreza energética. Eis a íntegra da carta (PDF – 305 kB).

O ministro declarou, em seu perfil no Instagram, ter entregado ao pontífice café mineiro, uma peça do escultor Aleijadinho, uma obra do artista Carlos Bracher, uma camiseta do Clube Atlético Mineiro e uma “lembrança” da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza, enviada pela primeira-dama, Janja Lula da Silva. À rádio do Vaticano, ele informou que essa lembrança seria uma camiseta, mas não especificou.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, Silveira também entregou ao papa uma carta escrita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Durante a audiência, conforme o ministério, Francisco declarou que uma transição energética deve ser justa, inclusiva e obrigatória.


Copyright
Divulgação/Vatican News

O ministro Alexandre Silveira exibe carta ao papa Francisco

O Santo Padre disse que os governos devem pensar assim, o Estado necessário, o Estado que possa socorrer efetivamente as pessoas que mais necessitam, fazendo que a gente construa uma sociedade melhor. Ele ressaltou a importância de que governos, como o liderado pelo presidente Lula, voltem a fazer parte do mundo, fazendo a inclusão”, disse Silveira.

Tivemos a oportunidade de demonstrar as políticas inclusivas que o Brasil tem feito em todas as áreas. O Papa Francisco defendeu que a gente continue descarbonizando a matriz de transporte e de mobilidade e outras matrizes intensivas de emissão de CO2 e, no Brasil, em especial, através dos biocombustíveis”, acrescentou.

Em entrevista à rádio do Vaticano, Silveira disse que o papa elogiou “com muita veemência” o programa do governo federal Luz Para Todos, voltado à universalização do acesso à energia elétrica no Brasil.

 

No Vaticano, Silveira discute transição energética com o papa