― Advertisement ―

spot_img

Real Noroeste treina em Barra de São Francisco visando a série D do Brasileiro

A equipe do Real Noroeste Capixaba Futebol Clube realizou seu primeiro treino no Estádio Municipal Joaquim Alves de Souza, localizado no Bairro Campo Novo,...

Pai desmente informação de que filha estava sendo assediada

Um homem identificado como André Guilherme Lopes Ratunde foi assassinado a tiros na tarde desta terça-feira (02) em uma empresa no Centro de Nova Venécia. De acordo com informações, o autor dos disparos era colega de trabalho da vítima e alegou que o crime foi motivado por um suposto assédio à sua sobrinha. O suspeito foi detido pela Polícia logo após o assassinato.

Em visita à redação da Rede Notícia na tarde desta terça-feira, o pai da menina disse que a informação não procede. Segundo ele, a vítima passava por depressão e que, às vezes, falava algumas coisas sem pensar direito. “Posso assegurar que André Guilherme não assediava minha filha. Esta informação não procede”, afirmou.

De acordo com informações preliminares o suspeito teria confrontado André Guilherme Lopes Ratunde e, em seguida, efetuado vários disparos de arma de fogo contra ele, causando sua morte. Segundo nossa apuração, dois tiros atingiram a cabeça da vítima.

Após o crime, o autor rapidamente fugiu do local em uma moto. Entretanto, a PM informou que o suspeito já foi preso.