― Advertisement ―

spot_img

Após alta de 0,58%, saca de soja inicia a quinta-feira (23) custando R$ 134,19

Após alta de 0,58% no último fechamento, a saca de 60 quilos da soja inicia a quinta-feira (23) custando R$ 134,19, em diferentes regiões do...

Funcultura: curta-metragem capixaba “Encruzilhadas do caos” é selecionado para o Fantaspoa

O curta-metragem “Encruzilhadas do caos”, do diretor e roteirista Alexander S. Buck, foi selecionado para exibição no Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre (Fantaspoa), maior festival de cinema da América Latina dedicado exclusivamente a filmes do gênero – com obras de fantasia, ficção científica, horror e thriller.

A obra narra a história de Cabelo e Parreco, que, em uma corrida noturna alucinante, precisam fixar centenas de cartazes de um show de heavy metal pelas ruas da Serra. Contudo, após profanarem uma oferenda, precisam enfrentar as consequências de seus atos em uma jornada de ação reação e muito caos.

Produzido pela produtora capixaba Finordia Filmes – conhecida e premiada por seus trabalhos no cinema fantástico e experimental – “Encruzilhadas do caos” foi gravado na Serra, cenário no qual os protagonistas da obra vivenciam uma incrível aventura noturna.

Não é a primeira vez que a produtora escolhe a Serra como palco principal de suas obras, tendo produzido em 2023 o filme “Pirâmides”, primeiro longa-metragem de ficção científica do município, que está em fase de pós-produção para estreia ainda em 2024. A produtora, cujos fundadores são moradores e ex-moradores do município, busca não somente homenagear suas raízes, mas também evidenciar a cultura e as pessoas da cidade mais populosa do Espírito Santo por meio da arte e do audiovisual.

O diretor Alexander S. Buck reúne prêmios no Brasil e no mundo, com filmes do cinema experimental como “Repolho” (2015), “HIC” (2017) e “A fantástica vida de Baffus Bagus Bagarius” (2012). Em seu mais recente curta, apresenta uma nova abordagem que trabalha um storytelling mais elaborado que as obras anteriores, sem abrir mão de sua pegada disruptiva e experimental.

O curta conta ainda com efeitos especiais e maquiagem do proeminente cineasta Rodrigo Aragão, nome de peso do cinema fantástico e de horror brasileiro, cujos últimos trabalhos contaram com assistência de direção do diretor finordiano Alexander Buck. “Encruzilhadas do caos” já reúne três premiações, incluindo a de júri popular, e surgiu como um ensaio para o longa-metragem homônimo, projeto contemplado pela Lei Paulo Gustavo, que será o terceiro da produtora e o segundo da carreira do diretor. Atualmente, o longa encontra-se em fase de pré-produção e será inteiramente produzido no município da Serra.

A exibição no Fantaspoa acontece dia 15 de abril, às 19h30, em Porto Alegre, com presença de Alexander Buck e de expoentes cineastas, como Luan Filippo Oldenbrock, Chris Tex, Pedro Fraga Villaça, entre outros. 

Para o público capixaba, a produção terá duas exibições na Serra: dia 19 de abril, no Centro Comunitário de José de Anchieta, e dia 25 de abril, no Bar do Mauro Pé de Galinha, em Valparaíso. Na sequência, dia 5 de maio, a exibição acontece no Bar do Mãozinha, em Jardim da Penha, Vitória. Todas as sessões são gratuitas e acontecem às 20h.

Os locais onde o filme será exibido serviram de locação para a produção, com cenas gravadas no curta. A escolha desses espaços para a realização das sessões é uma forma de agradecimento às comunidades locais pela disponibilidade e contribuição para a realização da obra.

As exibições em território capixaba serão realizadas com uso da tecnologia Cine Puã, que tem por objetivo criar soluções audiovisuais visando democratizar o acesso ao cinema no país. A tecnologia foi desenvolvida pela Finordia, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), e permite realizar exibições cinematográficas em espaços públicos e abertos, fazendo uso de uma reprodução de áudio individualizada via fones de ouvido e celulares dos próprios espectadores.

O curta-metragem “Encruzilhadas do caos” conta com recursos do Fundo de Cultura do Estado do Espírito Santo (Funcultura), tendo sido contemplado no Edital 003/2020 – Produção de Curta e Média-Metragem de Ficção e Animação, da Secretaria da Cultura (Secult).

Programação:

19/04 (sexta-feira)

Às 20h

Centro Comunitário de José de Anchieta, Serra

25/04 (quinta-feira)

às 20h

Bar do Mauro Pé de Galinha, Valparaíso, Serra

05/05 (domingo)

às 20h

Bar do Mãozinha, Jardim da Penha, Vitória

Saiba mais no perfil da Finordia no Instagram