― Advertisement ―

spot_img

Dólar está em alta no início desta quarta-feira (24)

No último fechamento, o dólar subiu de preços no Brasil e a moeda voltou a estar cotada próxima a R$ 5,60, a R$ 5,59,...

Demanda do trigo segue firme

Estudante da Fames conquista segundo lugar em concurso nacional de canto lírico

O estudante da Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) Samuel Wallace Barbosa alcançou o segundo lugar masculino no 3º Concurso de Canto Lírico Joaquina Lapinha 2024, realizado pelo Conservatório de Música e Teatro de Tatuí, em São Paulo.

Além de garantir o segundo lugar, Samuel, que tem 23 anos e está cursando o 6º período de Canto Erudito na faculdade, também recebeu o Prêmio Maria Callas, garantindo seu acesso direto à semifinal do Concurso Maria Callas 2025, da Companhia de Ópera de São Paulo.

“A conquista de Samuel no Concurso Joaquina Lapinha é um testemunho de sua habilidade e dedicação, uma promessa que se concretiza no Canto Lírico, iniciando sua brilhante e promissora caminhada no mercado da música clássica”, afirma o professor do Departamento de Ensino de Canto da Fames e orientador de Samuel, Licio Bruno.

O Concurso Joaquina Lapinha oferece visibilidade a jovens cantores pretos, pardos, indígenas e de outras minorias raciais do Brasil. Em sua terceira edição, o concurso abre portas e cria oportunidades para artistas que frequentemente enfrentam desafios adicionais em suas trajetórias.

Ainda de acordo com o professor Lício, a conquista marca um importante passo na carreira do estudante, que recentemente começou a participar de concursos de canto fora do Estado. “Este foi apenas o segundo concurso em que ele participou, tornando sua vitória ainda mais notável”, complementou.

“Participar deste concurso foi uma experiência transformadora, que contribuiu significativamente para o meu crescimento como artista. Cada etapa do concurso foi um aprendizado, e a troca com outros talentosos participantes enriqueceu ainda mais minha formação. Estou profundamente grato por todas as oportunidades que este concurso proporcionou e ansioso para os próximos desafios que virão”, afirma Samuel.

Bolsa de estudos na Alemanha

Enquanto ainda comemora a premiação, Samuel recebeu mais uma notícia: foi selecionado pela Academia Canto Mozarteum, junto com mais quatro cantores brasileiros, para receber uma bolsa de estudos na International Chorakademie, escola alemã que seleciona jovens do mundo inteiro para estudos intensivos, ensaios e apresentações de canto coral e performances individuais.

Com colaboração do professor Lício Bruno