― Advertisement ―

spot_img

Posso tomar a vacina contra a dengue?

Atualmente, existem duas opções de vacina para dengue aprovadas pela Anvisa no Brasil. A Dengvaxia, da Sanofi, e a Qdenga, da empresa chamada Takeda....

ES: Polícia Civil prende homem suspeito de estuprar menores e filmar crimes

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), prendeu, no último dia 23, um homem de 42 anos, investigado por armazenar e produzir vídeos com conteúdo de exploração sexual infantil. A investigação aponta que o suspeito abusava de dois ex-vizinhos: um adolescente que foi violentado dos 11 aos 15 anos e outro menor de 14 anos.

O resultado das investigações foi apresentado em coletiva de imprensa que ocorreu na manhã dessa segunda-feira (29), na Chefatura de Polícia Civil, em Vitória. “Foi uma operação importante em parceria com os Estados Unidos, Polícia Federal e Polícia Civil. Conseguimos tirar de circulação mais um pedófilo de personalidade perversa que estava atuando no Estado”, relatou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

As investigações se iniciaram no mês de março, após uma organização não governamental estadunidense, que recolhe dados e denúncias de conteúdos de abuso infantil que circulam nas redes sociais, acionar a Polícia Federal, informando que um morador de Vila Velha estaria armazenando conteúdo de exploração sexual infantil. Em seguida, a Polícia Civil do Espírito Santo foi acionada para tomar as devidas providências.

De acordo com as investigações, o suspeito abusava de dois ex-vizinhos, um adolescente que foi violentado dos 11 aos 15 anos, atualmente estando com 16 anos, e de outro menor de 14 anos.

“O investigado atraia as vítimas até a casa dele utilizando de videogames e um computador com acesso a diferentes jogos. Além de armazenar o conteúdo, o investigado também produzia conteúdos de exploração sexual infantil utilizando a imagem das vítimas. A mãe do menor de 16 anos também será investigada, pois apresentou um perfil de omissão em relação ao caso”, informou o titular da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), delegado Brenno Andrade.

A prisão foi efetuada em flagrante, na residência dele, localizada em Vila Velha. O detido será autuado pelo crime 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que condena crimes, como, adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Texto: Beatriz Paoliello

Foto: Adriana Nascimento Amaral