― Advertisement ―

spot_img

Equipe capixaba disputa Supercopa Feminina de basquete em cadeira de rodas

A equipe Irefes/Sesport de basquete em cadeira de rodas embarcou nesta segunda-feira (20) para o Estado do Rio de Janeiro, onde acontecerá a disputa da Supercopa Feminina, na cidade de Niterói. A delegação capixaba viajou com passagens pagas pelo programa Voe Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport).

Além disso, 10 jogadoras são contempladas pelo programa Bolsa Atleta, também da Sesport: Bisa Silva, Bruna Rosa, Evilânia Sousa, Florinda Christo, Geisiane Maia, Jéssica Silva, Maria de Fátima, Paola Klokler, Paula Letícia e Silvelane Oliveira.

A competição será disputada até sábado (25), com a participação das quatro equipes mais bem classificadas no Campeonato Brasileiro do ano passado, representando os estados, por ordem de classificação, de Minas Gerais, Espírito Santo, Pará e Ceará.

Também em 2023, o time capixaba conquistou o título da Supercopa, derrotando na decisão as paraenses do All Star Rodas.

Bolsa Atleta

O Bolsa Atleta tem como objetivo principal beneficiar atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que deve ser utilizado para a manutenção dos resultados obtidos e da carreira esportiva do atleta no ano de recebimento do benefício.

Com um investimento de R$ 3,9 milhões, o edital 2024 atingiu o recorde de esportistas de alto rendimento selecionados, com 234 contemplados, 43 a mais do que no edital anterior. Serão pagos aos selecionados 12 parcelas mensais, de acordo com a categoria: estudantil (R$ 500), nacional (R$ 1.500), internacional (R$ 2 mil) e olímpico (R$ 4 mil).

Voe Atleta

O Voe Atleta, antigo Compete Esportivo, é um programa que custeia passagens de avião, com o intuito de viabilizar a participação de atletas e paratletas capixabas em competições nacionais e internacionais.