― Advertisement ―

spot_img

Carro bate em veículo estacionado e capota em Montanha

  Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que um carro bate de frente com outro veículo que estava estacionado, na rua José...

Encontro discute tecnologia e inovação no setor mineral

O Sindicato das Indústrias Extrativas do Estado de Goiás e do Distrito Federal (SIEEG-DF) realiza, no dia 20 de fevereiro, das 8h30 às 18h, o ‘Encontro de Competências de Tecnologia Mineral e Inovação’, na Casa da Indústria, em Goiânia. O evento é uma iniciativa com o objetivo de reunir as principais referências no campo da tecnologia mineral do Brasil, abrangendo setores acadêmicos, governamentais e empresariais.

O setor de mineração embarca em uma nova era de inovações e melhorias que terão um impacto global, e o encontro objetiva ser uma plataforma para discutir os cenários e os caminhos do desenvolvimento tecnológico mineral, fundamental para atender questões mundiais urgentes, como a transição energética, a descoberta e exploração de novos minerais, a segurança alimentar e a verticalização da indústria mineral.

O encontro visa mapear capacidades, identificar desafios e explorar oportunidades para maximizar a agregação de valor ao patrimônio mineral brasileiro, ao promover a verticalização da indústria de base mineral e posicionar o Brasil de forma competitiva no cenário global. O evento proposto visa, ainda, promover a discussão sobre a estrutura existente de Centros de Tecnologia Mineral, suas linhas de atuação, possibilidades de parcerias com a iniciativa privada e de sinergias para melhor uso das estruturas existentes.

Para Luiz Antônio Vessani, presidente do SIEEG-DF, o setor mineral, que é decisivo para o progresso do país, “necessita de maior cooperação entre atores especializados e de um equilíbrio entre recursos minerais, capital e tecnologia. O 1º Encontro é um esforço colaborativo para avançarmos em tecnologia, enfrentando o desafio da deficiência do parque tecnológico nacional. Em Goiás, temos centros de tecnologia de excelência. São capacidades de ponta, mas que, atualmente, estão desarticuladas. A sinergia entre esses centros de Goiás e de outras unidades da Federação tem enorme potencial para aprimorar a exploração mineral brasileira”.

O 1º Encontro de Competências de Tecnologia Mineral e Inovação contará com a presença de representantes de instituições-chave, incluindo o Ministério de Minas e Energia; Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações; UFCAT; IPT; CETEM; COMIN-CNI; EMBRAPII; FINEP; ANM; SGB; ABPM; ADIMB; Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços de Goiás (SIC); CNI; Senai; CT-Mineral MDCT; e SGS Geosol.

O evento tem o apoio da FIEG, ADIMB, ABPM, Brasmin e Brasil Mineral e patrocínio da Hidrogeo, Geosol e Ambientare – Soluções em Meio Ambiente.

A programação inclui um painel sobre Capacidade Instalada dos Centros Tecnológicos, com moderação de Miguel Nery (ABPM) e participação de especialistas de diversas instituições, e uma Mesa-Redonda sobre Sinergias para o Desenvolvimento Tecnológico, moderada por Wilson Borges (CASMIN) e com a presença de líderes do setor.

<\/a><\/a><\/a><\/a>

Foto: Divulgação/Brasil MineralFoto: Divulgação/Brasil Mineral