― Advertisement ―

spot_img

Covid-19: nova vacina começa a ser aplicada em PE

Assim como o vírus da gripe vai sofrendo mutações ao longo do tempo, o Sars-CoV-2, que causa a Covid-19, também. Por isso, a cada...

Dor no pescoço: O que pode ser?

A dor pode ser algo desafiador, por ser uma região com muitas estruturas importantes as causas da dor podem ser muito variadas, e por isso um bom relato do que exatamente você está sentindo pode fazer diferença no entendimento do problema e chegar no diagnóstico.

A dor no pescoço pode ser causada por diversos motivos e, para compreender esse sintoma, é importante prestar atenção em várias características da dor:

  • Limitação ou bloqueio de movimentos;
  • Irradiação da dor para braços e mãos;
  • Sintomas como febre, cansaço ou resfriado;
  • Localização da dor;
  • Se piora com a movimentação.

Pode ser que esses sintomas sejam uma um cervicalgia aguda, popularmente conhecida como torcicolo. Normalmente tem início súbito e que ocorre depois de você ficar muito tempo em uma posição ruim do pescoço, como por exemplo  durante o sono, uma viagem longa, no trabalho ou até mesmo depois de uma lesão esportiva.

Outros fatores do nosso dia a dia que podem contribuir bastante para a dor muscular no pescoço são estresse, a posição de ficar o tempo todo com a cabeça para baixo vendo o celular ou olhando no computador mal posicionado. Se tiver com esses sintomas, repare também se está com algum músculo do pescoço mais rígido, endurecido ou doloroso. 

Uma outra característica importante é o tempo de duração, normalmente os sintomas duram entre dias e semanas, mas não passam dos três meses, quando passa desse período passar a ser dor crônica, que geralmente não são tão intensas e também não possuem um início repentino, ela começa lentamente e com o passar dos dias vai piorando.

Entre as causas para dor crônica no pescoço, a mais importante é a doença degenerativa da coluna vertebral que envolve o desgaste dos discos e articulações vertebrais. O disco invertebral que não funciona bem sobrecarrega a articulação e pode levar aos popularmente conhecido, bico de papagaio, ou osteoartrite ou artrose das facetas articulares vertebrais.

É relevante notar que existem dores no pescoço que não estão relacionadas aos ossos, músculos, nervos e tendões, uma vez que causas sistêmicas também podem causar esse tipo de desconforto, como:

 

  • Dor no pescoço e dor no peito, o que pode indicar um infarto. Nesse caso, procure assistência médica imediatamente;
  • Febre, dor de cabeça e vômito podem indicar meningite;
  • Dor no pescoço acompanhada de caroços pode indicar gânglios linfáticos inchados, ou ínguas.

Se você está com dor no pescoço e com os sintomas citados acima, procure um médico.

Para mais informações, assista ao vídeo no canal Doutor Ajuda no youtube.

Foto: Reprodução/Canal Doutor AjudaFoto: Reprodução/Canal Doutor Ajuda