― Advertisement ―

spot_img

CRE Metropolitano tem aumento no atendimento em 2023, mas faltas chegam a mais de 30%

O Centro Regional de Especialidades (CRE Metropolitano), da Superintendência Regional de Saúde de Vitória (SRSV), localizado em Cariacica, tem muito a comemorar. Em balanço realizado pela equipe, o ano de 2023 representou um aumento de 16% no número de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) atendidos, se comparado ao ano anterior. Foram 36.474 pessoas, enquanto que em 2022 foram 31.388 usuários atendidos.

Entretanto, um dado que ainda preocupa é o de absenteísmo, ou seja, o não comparecimento do paciente, sem qualquer comunicação prévia. Esse dado chegou a 31% do total de 53.043 marcações.

O superintendente da Regional de Saúde de Vitória, Heber de Souza Lauar, destacou que investir na qualidade dos serviços de saúde e no atendimento aos usuários é prioridade do Governo do Estado. “Cada paciente é importante, mas é primordial que quando um deles, por qualquer motivo, não possa comparecer à consulta, que avise com antecedência. Assim, essa vaga não será desperdiçada e poderá ser ofertada a outro usuário que necessite”, frisou.

Lauar ressaltou ainda que a conscientização de cada um é vital para o bom funcionamento de todo o processo que envolve o bem-estar daqueles que precisam de atendimento especializado. “Cada um fazendo a sua parte, o poder público e a sociedade, quem ganha é o usuário e a saúde”, completou o superintendente metropolitano.

O CRE Metropolitano é referência para os usuários do SUS em 23 municípios, sendo eles Afonso Cláudio, Aracruz, Brejetuba, Cariacica, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Fundão, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Itaguaçu, Itarana, João Neiva, Laranja da Terra, Marechal Floriano, Venda Nova do Imigrante, Santa Maria de Jetibá, Santa Leopoldina, Santa Teresa, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória. 

O ambulatório conta com uma equipe multiprofissional composta por enfermeiros e técnicos de enfermagem, assistentes sociais e nutricionistas, além de médicos especialistas. São ofertadas à população 17 especialidades médicas.

Cuidados importantes a toda população

O diretor do Núcleo Regional de Especialidades de Vitória (NREV), Alex Sandro Ferreira Santos, ressaltou que a consulta com o profissional especialista se apresenta como um “divisor de águas” no tratamento à saúde do usuário. “O objetivo do SUS é dar acesso à população aos serviços de saúde, que é um direito. Nossa equipe trabalha com muito empenho, focada em proporcionar a cada usuário qualidade no atendimento, prezando sempre pelo melhor acolhimento, e isso é muito importante”, salientou.

A coordenadora do ambulatório, Maria Aparecida Tartaglia, também destacou que atender o usuário do SUS com consultas médicas especializadas é um pilar primordial do ambulatório geral. “Buscamos o tempo todo alinhar o aumento da oferta com a qualidade para que os ‘nossos’ usuários recebam um atendimento digno, eficiente e de excelência, como preconiza o SUS”, ressaltou.

A enfermeira e coordenadora do Núcleo Interno de Regulação (NIR), Ilma da Silva Rocha, explicou ainda que o setor tem como objetivo padronizar os procedimentos adotados para a melhor atenção ao usuário do CRE Metropolitano. “Quando falamos em regulação de acesso, o Governo do Estado está propondo o direcionamento correto do paciente em suas necessidades, tanto em relação aos médicos especialistas quanto a outros profissionais de saúde, de acordo com a demanda ambulatorial”, pontuou.

“Por isso, a equipe do CRE Metropolitano está sempre em busca de meios mais eficazes e inovadores para proporcionar aos usuários esse atendimento de qualidade. Além disso, anualmente criamos um cronograma de palestras que são ministradas por profissionais de várias áreas, como forma de prevenção, direcionadas tanto aos servidores quanto aos usuários”, acrescentou Ilma da Silva Rocha.

O médico urologista Orlando Cardoso Caetano, 62, é o mais antigo do CRE Metropolitano e atende no local desde os anos 1990. “Eu era do CRE Vila Velha, mas nesta época começaram a surgir os Centros de Especialidades Médicas e acabei transferido. Hoje, percebo uma excelente integração com todos os setores da SRSV, e essa parceria nos faz bem e reflete no atendimento aos pacientes”, disse.

“Costumo dizer que venho ao longo dos anos aprendendo a trabalhar com os meus pacientes. A gente precisa atuar em função deles. Muitas vezes somos até psicólogos, dependendo da patologia. Faço questão de sentar com o paciente o tempo que for necessário e escutar as suas dores. Temos que descer do pedestal de ser médico e conversar igualmente para entender o que se passa e, assim, chegar à conclusão do que é melhor para esse usuário que procurou o SUS”, explicou Caetano.

Pontualidade no atendimento

Há quatro anos, o vendedor externo José Carlos Barbosa dos Santos, 47, de Guarapari, é atendido regularmente no local em duas especialidades: urologia e ortopedia. “Venho de moto. O atendimento do CRE é excelente, os médicos são muito atenciosos e desde que comecei os tratamentos, me sinto muito melhor. Além disso, sempre fui atendido no horário. Recentemente, fiz novos exames, já estou com eles em mãos e com a consulta de retorno marcada. Sou grato e me sinto privilegiado de ser atendido no CRE”, disse.

Denize Ribeiro de Lima Seller, 57, é do lar e mora em Vila Velha. Desde 2013, é usuária do CRE Metropolitano e já foi atendida na especialidade de endocrinologia, “Sempre fui muito bem recebida. Particularmente, só tenho que parabenizar a todos os médicos, pois são muito bons e atenciosos. Acabei precisando fazer uma cirurgia na tireoide, mas atualmente só faço o acompanhamento. Estou ótima”, contou.

Vanuza Barbosa dos Santos, 52, do lar, também mora em Guarapari. Ela começou a frequentar o CRE Metropolitano quando o filho ainda era criança e precisou passar por um tratamento. Hoje, ele tem 21 anos. Posteriormente, ela também começou a ser atendida para tratar da pressão alta e da diabetes. “É sempre a mesma médica que me atende e muito bem, é educada, séria e sempre pontual. No começo, a frequência de consultas era maior, mas agora com o tratamento não preciso mais vir tanto ao CRE. Por exemplo, fui este mês, em janeiro, e só volto em maio”, comentou.  

Serviço:

Confira as especialidades disponíveis no CRE Metropolitano:

Alergista
Angiologia
Cardiologia
Dermatologia
Endocrinologia
Gastroenterologia
Geriatria
Hematologia
Nefrologia
Neurologia
Ortopedia
Otorrinolaringologia
Pediatria
Proctologia
Pneumologia
Psiquiatria
Urologia

Usuário, fique atento ao dia e a hora de sua consulta no CRE Metropolitano. Colabore e ajude a evitar o absenteísmo!

– Assim que receber da UBS de sua referência o comprovante de agendamento da consulta ou exame no CRE Metropolitano, uma boa dica é marcar na agenda o dia e o horário. Colocar um lembrete no celular (avisando para a consulta, com 24 horas antes e com uma hora antes) é muito importante. Caso não saiba fazer isso, peça alguém para ajudá-lo. Fique atento, o usuário também recebe um SMS da UBS próximo ao dia da consulta para lembrá-lo.

– Caso, por algum motivo, precise desmarcar a consulta, lembre-se que o cancelamento da mesma só pode ser realizado pessoalmente na UBS de referência.

– Lembre-se: quando o usuário desiste com antecedência e comunica a impossibilidade de comparecer à consulta agendada para ele pelo SUS, a vaga que se criou com essa desistência é preenchida a tempo por outro usuário que está em espera e que pode estar precisando muito desse atendimento. Além disso, lembre-se que, ao desistir da consulta, esse usuário precisará esperar também uma nova oportunidade para realizá-la.