― Advertisement ―

spot_img

Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa

O juiz titular da 5ª Vara Federal de Campo Grande (MS), Luiz Augusto Iamassaki Fiorentino, negou novo pedido da defesa de Ronnie Lessa para...

Comando do 11º batalhão emite nota sobre últimos crimes em Barra de São Francisco

 

NOTA DO 11º BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR DO ESPÍRITO SANTO

À população de Barra de São Francisco e à comunidade em geral

O Comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo, em resposta às legítimas preocupações expressas pela população de Barra de São Francisco, reconhece a gravidade da situação e reafirma o compromisso inabalável com a segurança e o bem-estar de todos.

Entendemos a angústia e a apreensão da comunidade diante de eventos tão lamentáveis, e queremos assegurar a todos que estamos empenhados em investigar e combater vigorosamente a criminalidade em nossa jurisdição. A cada perda ocorrida, compartilhamos a dor das famílias afetadas e da comunidade como um todo. Garantimos que estamos dedicando todos os esforços para conter esta situação.

Na tarde desta segunda-feira (26), foi realizado uma reunião de alinhamento junto ao Dr. Leonardo, Delegado Chefe da 14º Delegacia Regional de Barra de São Francisco, e de toda a sua equipe. A colaboração estreita entre Polícia Militar e Polícia Civil reforça o comprometimento das forças de segurança pública em buscar soluções efetivas pra conter a violência, em especial os últimos casos registrados.

É importante salientar que o fenômeno do aumento da violência não é exclusivo de Barra de São Francisco, mas sim um desafio enfrentado por diversas regiões do país

Para enfrentar este cenário desafiador, o 11º Batalhão tem implementado e intensificado operações e estratégias de policiamento, com foco na prevenção e repressão qualificada. Além disso, trabalhamos em parceria com outros órgãos de segurança e instituições locais para fortalecer o combate à criminalidade.

Vale destacar que a solução para a problemática da violência não depende apenas das forças de segurança, mas requer uma abordagem integrada, envolvendo também a participação ativa da comunidade, autoridades locais e setores sociais. Estamos abertos ao diálogo e à colaboração, e acreditamos que juntos podemos construir um ambiente mais seguro e pacífico.

Quanto às perguntas levantadas sobre as ações das autoridades, estamos comprometidos em prestar os esclarecimentos necessários à população.

Agradecemos à imprensa local por seu papel crucial na conscientização e mobilização da sociedade. Juntos, como comunidade unida, superaremos esses desafios e restauraremos a paz em Barra de São Francisco.

*Tenente-coronel Segato, Comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar do Espírito Santo