― Advertisement ―

spot_img

Polícia Federal fecha 14 empresas de segurança privada clandestinas no Espírito Santo

  A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (23), a Operação Segurança Legal VIII no Espírito Santo, e em todas as demais unidades da federação....

Acusado de estuprar e matar a própria filha de 1 ano em Barra de São Francisco é condenado a 48 anos de prisão

Um homem, preso em 2022 por suspeita de estuprar e matar a própria filha de um ano de idade, foi condenado nesta sexta-feira, 10 de maio de 2024.

O caso aconteceu em Cachoeirinha de Itaúnas, zona rural do município de Barra de São Francisco.

Na época, segundo a Polícia Civil, a bebê chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao hospital.

“A criança chegou no hospital sem vida, com lesões pelo corpo e com indícios violência sexual (coito anal). Fomos acionados pelo conselho tutelar, que estava no hospital”, contou na ocasião o titular da Delegacia Regional de Barra de São Francisco, delegado Leonardo Forattini.

Após obter informações com os médicos e os conselheiros, os policiais foram atrás dos pais da criança, na zona rural do município.

Os dois foram encaminhados à Delegacia Regional de Barra de São Francisco, onde o pai negou a autoria, mas foi autuado em flagrante pelo crime de estupro seguido de morte e encaminhado ao e enviado ao Centro de Detenção Provisória de São Domingos do Norte, no Norte do Estado. A mãe, por sua vez, foi ouvida e liberada.

Nesta sexta-feira, ele foi condenado a 48 (quarenta e oito) anos e 01 (um) mês de reclusão, e 02 (dois) meses de detenção.