― Advertisement ―

spot_img

Quem eram as alunas do Ifes de Nova Venécia mortas em grave acidente em Jaguaré

 

Mortas em um grave acidente na noite de sábado (4), Gabrielly Alves dos Santos, e Graziela Segantini Corrêia, ambas de 17 anos, eram alunas do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) campus de Nova Venécia. Elas estavam em um carro, que caiu em uma represa, na localidade de Jirau, na zona rural de Jaguaré, no Norte do Espírito Santo. O motorista, segundo a Polícia Militar, fugiu do local. A informação são do repórter Wilson Rodrigues.

Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada para atender a um acidente de trânsito no Jirau, em Jaguaré. Ao chegar ao local, a equipe constatou que se tratava de um tombamento/capotamento com vítimas fatais. Equipes do Samu/192 já estavam presentes e constataram o óbito de duas mulheres. Uma terceira vítima foi socorrida ao Pronto Socorro e, posteriormente, encaminhada ao Hospital Roberto Silvares, em São Mateus.

De acordo com a PM, “no local do acidente, os militares tentaram contactar o condutor do veículo, porém o mesmo se evadiu após prestar socorro às vítimas. Uma pessoa que também estava no carro relatou que estavam trafegando na estrada, seguindo em direção à comunidade de Jirau, quando o motorista perdeu o controle em uma curva acentuada, caindo em um córrego nas margens da via. O homem, de 44 anos, disse que ele e o condutor, com a ajuda de populares, retiraram as demais ocupantes de dentro do automóvel. A Perícia foi acionada”.

A Polícia Científica (PCIES) informou que a perícia foi acionada na noite deste sábado (04), por volta das 21h02, para uma ocorrência de tombamento com vítima fatal, em Jirau, no município de Jaguaré. Os corpos das vítimas, duas mulheres, foram encaminhados para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, para ser feito o exame cadavérico, que irá identificar a causa da morte.

A Polícia Civil (PCES) informou que o caso será encaminhado para a Delegacia de Polícia de Jaguaré que realizará as demais diligências que o caso requer.

Em nota, o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), informou que Gabrielly e Graziela eram alunas do Ensino Médio Integrado do Curso Técnico em Mineração, que lamenta a tragédia e se solidariza com os familiares e amigos.