― Advertisement ―

spot_img

Polícia Civil prende suspeito de estelionato e falsificação em João Neiva

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia Especializada de Defraudações e Falsificações (Defa), com o apoio da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), efetuou a prisão de um homem de 26 anos pela prática de estelionato e falsificação de documentos. A ação foi deflagrada no dia 8 de maio, no município de João Neiva, após informações do setor de inteligência da unidade indicarem que um indivíduo estaria tentando vender um veículo por um preço significativamente abaixo do mercado.

Segundo as investigações, o veículo havia sido adquirido mediante um depósito bancário fraudulento e a transferência foi realizada utilizando uma identidade falsa que continha dados de outra pessoa, mas com a foto do suspeito. A transferência fraudulenta no sistema do Departamento Estadual de Trânsito (Detran|ES) teve início às 8h40 e foi finalizada às 11h40. Nesse período, a equipe permaneceu em diligências contínuas, tanto em campo quanto com o auxílio do sistema Alerta Brasil, sendo possível identificar que o suspeito estava se deslocando de Vitória em direção ao norte do Estado.

Imediatamente, as equipes prosseguiram em diligências para localizar o veículo, conseguindo realizar a abordagem nas proximidades de Cavalinho, no município de João Neiva. O suspeito, que estava de posse do carro, também tem diversas passagens pela polícia pela prática de estelionato em outros estados. Com a colaboração do despachante que realizou a transferência, foi confirmado que o indivíduo utilizou um RG do estado de Tocantins, em nome de outra pessoa, porém com a foto do suspeito.

O homem foi preso em flagrante e autuado pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica. Após ser encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV), o investigado passou por audiência de custódia, na qual foi decretada a sua prisão preventiva.

Texto: Adriana Nascimento Amaral