― Advertisement ―

spot_img

Posso tomar a vacina contra a dengue?

Atualmente, existem duas opções de vacina para dengue aprovadas pela Anvisa no Brasil. A Dengvaxia, da Sanofi, e a Qdenga, da empresa chamada Takeda....

Polícia Civil deflagra operação para combater roubos a motoristas de aplicativos

Foto: Adriana Nascimento Amaral

 

A Polícia Civil do Estado do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), deflagrou a ‘Operação App’, com o objetivo de prender criminosos que vem cometendo roubos a motoristas de aplicativo na Grande Vitória. No dia 19 de janeiro, um motorista foi rendido durante uma corrida no bairro São Diogo I, na Serra, tendo seus pertences e veículo roubados. Dois suspeitos pelo crime já foram identificados.

O resultado das investigações foi apresentado em coletiva de imprensa que ocorreu na manhã dessa terça-feira (30), na Chefatura de Polícia Civil, em Vitória.

Na última quinta-feira (25), a Guarda Civil Municipal (GMC) de Serra deu cumprimento a um mandado de prisão, logrando êxito em localizar e prender um suspeito de 25 anos, responsável por solicitar a corrida. Já na última sexta-feira (26), a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos cumpriu um segundo mandado de prisão preventiva, prendendo um investigado de 18 anos, identificado como comparsa no crime.

“No dia do crime, os dois suspeitos solicitaram uma corrida por meio de um aplicativo de transporte, utilizando o nome de um terceiro para dificultar a investigação policial. Durante a corrida, os investigados renderam o motorista sob emprego de arma de fogo e aplicaram um golpe de gravata, que levou a vítima ao desmaio. A vítima foi deixada no local no crime e seus pertences, além do veículo foram roubados”, relatou o titular da DFRV, delegado Marcos Aurélio Ferreira Oliveira.

De acordo com as investigações, o veículo foi encontrado com peças retiradas para possível venda, além disso, o telefone da vítima também foi vendido. Após o crime, a vítima e uma testemunha que acompanhou os investigados entrarem no veículo, auxiliaram no reconhecimento dos criminosos. Os autores do crime já possuíam passagem pela polícia pelos crimes de roubo e tráfico de drogas.

Os detidos foram autuados pelos crimes de roubo majorado e concurso de pessoas. A operação terá continuidade, com intuito de combater crimes de roubo em desfavor a motoristas de aplicativos.

Por Beatriz Paoliello