― Advertisement ―

spot_img

Confira as datas e horários do Real Noroeste na Série D

Único representante do futebol capixaba na segunda fase da Série D do Brasileiro, o Real Noroeste vai enfrentar o Brasiliense no mata-mata, valendo vaga na terceira fase...

Jovem em estado crítico: VÍDEO mostra que homem invadiu pista e provocou acidente grave em Nova Venécia

É grave o estado de saúde do Técnico em Análises Químicas, Patrick da Silva Barbosa, de 26 anos, vítima de uma grave acidente na manhã desta terça-feira (27), na rodovia ES 220, na altura do bairro Aeroporto, na saída de Nova Venécia para Vila Pavão, no Noroeste do Espírito Santo. A informação é de Wilson Rodrigues, da Rede Notícia.

Morador do Córrego Cachoeirinha, na zona rural do município, Patrick voltava para casa após deixar o expediente de trabalho na Coopeavi, em Nova Venécia, quando um homem invadiu a pista com uma moto a fim de fazer o veículo ligar numa manobra conhecida como “pegar no tombo”, e atingiu a motocicleta pilotada por Patrick, que caiu e bateu a cabeça em um meio-fio. Após provocar o acidente, o suspeito saiu empurrando a motocicleta, fugindo sem prestar socorro. As informações são de uma familiar da vítima, que preferiu não ser identificada, e também constam nas imagens de uma câmera de segurança.

De acordo com a Rede Notícia, o condutor da moto, foi socorrido com um quadro de politraumatismo, em estado de saúde gravíssimo. Ele foi intubado no local, por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192), e foi transportado para o Hospital Estadual Dr. Roberto Arnizaut Silvares, em São Mateus.

Segundo uma familiar, Patrick da Silva Barbosa, de 26 anos, teve um afundamento do crânio, além de quatro paradas cardiorespiratórias, sendo reanimado em todas. Ele passou por uma cirurgia , e segue internado, em estado grave, em coma, em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Roberto Silvares, em São Mateus.

O Corpo de Bombeiros informou que quando chegou no local, a vítima já estava sendo atendida pelo Samu. A Polícia Militar disse que não tem registro do fato. Demandada, a  Polícia Civil não respondeu se o fato será investigado.