― Advertisement ―

spot_img

Posso tomar a vacina contra a dengue?

Atualmente, existem duas opções de vacina para dengue aprovadas pela Anvisa no Brasil. A Dengvaxia, da Sanofi, e a Qdenga, da empresa chamada Takeda....

Governo do Estado inaugura pavimentação de trechos rurais na Bacia do Rio Mangaraí

Foto: Hélio Filho/Secom

O governador do Estado, Renato Casagrande, inaugurou, nesse sábado (27), as obras de pavimentação, terraplanagem, drenagem e serviços complementares de 14 trechos rurais na Bacia do Rio Mangaraí em Santa Leopoldina, na microrregião Central Serrana. As obras foram executadas pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES). O investimento de R$ 47,54 milhões faz parte do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem, uma parceria entre o Governo do Estado e o Banco Mundial.

O objetivo da obra é garantir a melhoria do tráfego local, trazendo maior conforto e segurança aos usuários da região, além de eliminar o carreamento de sedimentos para os córregos e rios que alimentam o Rio Santa Maria, que abastece a região da Grande Vitória. A Bacia do Rio Mangaraí totaliza 18.370 hectares e é caracterizada, predominantemente, por região rural. O território está localizado em 87% no município de Santa Leopoldina e 13% em Cariacica.

“Esse é um investimento importante com o objetivo de facilitar o fluxo de pessoas e principalmente diminuir o assoreamento dos rios, incluindo, o Santa Maria, que abastece a Região Metropolitana. Aqui em Mangaraí são 53 quilômetros de pavimentação, sendo boa parte feita de Revsol e aproximadamente 15 quilômetros de PAVI-S [blocos intertravados] nos locais mais íngremes e nas comunidades. Assim vamos ajudar muito os agricultores, mas também quem se desloca pela região que já é muito bonita e agora vai ficar ainda mais”, afirmou o governador.

O projeto-piloto do Rio Mangaraí faz parte do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem, do Governo do Estado do Espírito Santo, financiado por meio de um acordo de empréstimo entre o Governo do Estado e o Banco Interamericano de Desenvolvimento – Banco Mundial, e executado pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

O objetivo é reduzir a carga de sedimentos nos cursos d’água e melhorar a qualidade e a quantidade das águas da sub-bacia do Mangaraí, bem como melhorar a qualidade de vida dos cerca de 3.700 habitantes. Indiretamente, também serão beneficiados os 600 mil habitantes residentes da Região Metropolitana da Grande Vitória que são abastecidos com água captada no Rio Santa Maria da Vitória.

“Essa região é um grande polo turístico e com a implantação dessa pavimentação vai haver uma melhora significativa nas condições de tráfego e, consequentemente, benefícios para economia local”, destacou o diretor-geral do DER-ES, José Eustáquio de Freitas.

Estiveram presentes o prefeito de Santa Leopoldina, Romero Luiz Endringer; o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Enio Bergoli; o deputado estadual Adilson Espindula; além de lideranças comunitárias.