― Advertisement ―

spot_img

ES: após prisão de suspeito, corpo de motorista de aplicativo é encontrado

Jonata de Souza Oliveira, de 28 anos. foi encontrado morto às margens de rodovia do ES. Polícia suspeita de latrocínio. — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Jonata de Souza Oliveira, de 28 anos. foi encontrado morto às margens de rodovia do ES. Polícia suspeita de latrocínio. — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O corpo de um motorista por aplicativo foi encontrado em um barranco às margens da rodovia ES-120, em Cariacica, na Grande Vitória, na noite deste sábado (18). A informação é de Caíque Verli, do g1 ES e TV Gazeta.

Jonata de Souza Oliveira, de 28 anos, estava desaparecido desde o dia 11 de fevereiro, quando saiu para trabalhar e não foi mais localizado. De acordo com a Polícia Civil, um suspeito pelo crime está preso; outros dois homens ainda são procurados.

Corpo de motorista de app é encontrado morto em barranco às margens de rodovia, em Cariacica. Espírito Santo — Foto: Divulgação/Polícia Penal

Corpo de motorista de app é encontrado morto em barranco às margens de rodovia, em Cariacica. Espírito Santo — Foto: Divulgação/Polícia Penal

Ainda segundo a polícia, o suspeito de ter matado Jonata foi preso por policiais penais na casa de parentes, em Cariacica, na tarde de sábado, e teria indicado a localização do corpo, que estava em adiantado estado de decomposição.

Homem suspeito de ter matado Jonata teria apanhado de criminosos da região. Espírito Santo — Foto: Divulgação/Polícia Penal

Homem suspeito de ter matado Jonata teria apanhado de criminosos da região. Espírito Santo — Foto: Divulgação/Polícia Penal

Em imagens divulgadas pela polícia, o homem detido aparece com os braços engessados porque teria sido espancado por criminosos na região onde mora (veja acima).

Conforme informações iniciais, o motorista foi morto por estrangulamento, em um caso de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Jonata deixa uma esposa e três filhos.

Local onde corpo de Jonata foi encontrado neste sábado (17). — Foto: Divulgação/Polícia Penal

Local onde corpo de Jonata foi encontrado neste sábado (17). — Foto: Divulgação/Polícia Penal

O mecânico e motorista de aplicativo Jonata de Souza Oliveira, de 28 anos, estava desaparecido dhá seis dias, após sair para trabalhar no dia 11 de fevereiro.

Segundo a esposa Tainá Neves de Oliveira, o motorista teria saído para trabalhar por volta das 17h e feito um último contato com ela às 20h. Depois disso, ele parou de responder a todos e não retornou no horário de costume, à meia-noite.

A família recorreu à seguradora do veículo para ter a localização e achou o carro abandonado, em Nova Esperança, Cariacica, sem o motorista e os pertences dele.

De acordo com a esposa, Jonata havia passado mal no domingo (11) pela manhã e chegou a ser levado a uma unidade de Pronto Atendimento (PA). Depois disso, às 15h, foi até a casa da sogra para descansar. Mais tarde, às 17h, já se sentindo bem, saiu para trabalhar como motorista de aplicativo. Tainá contou que chegou a fazer contato com o marido às 20h48. Depois disso, segundo a esposa, o profissional parou de responder.