― Advertisement ―

spot_img

Ibovespa fecha em queda de 0,58% e começa a quarta-feira aos 123,7 pontos

  O Ibovespa (índice da bolsa de valores brasileira) caiu 0,58% e fechou a terça-feira(28) a 123,7 mil pontos. A alta da inflação de consumo...

Com capixaba na seleção, Brasil se sagra campeão do Sul-Americano de Marcha Atlética

Com o capixaba Davi Gabriel Bastos, o Brasil conquistou o título de campeão no Sul-Americano de Marcha Atlética, na categoria por equipes sub-18. O atleta também disputou no individual e garantiu a medalha de prata. A competição aconteceu nesse domingo (10), na Arena Pernambuco, em Recife.

Contemplado pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), Davi Gabriel Bastos atingiu a marca de 50.57 minutos na prova dos 10km na categoria individual, ficando atrás somente de um atleta do Peru.

“Foi muito importante para mim e uma experiência incrível representar minha equipe, meu Estado e meu País em uma competição internacional com grandes atletas e ser vice-campeão sul-americano, melhorando minha marca”, contou Bastos.

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, José Carlos Nunes, parabenizou o atleta por mais uma grande conquista, desta vez representando o Espírito Santo em nível internacional no atletismo.

“Essa conquista no Sul-Americano é um exemplo do potencial do esporte capixaba. Sabemos que toda grande conquista é resultado de um trabalho duro e contínuo. Então, acompanhar a evolução dos atletas nos motiva a continuar investindo na formação de novos campeões, em todas as modalidades esportivas”, disse Nunes.

Nos Jogos da Juventude 2023, Davi Gabriel Bastos também foi destaque ao conquistar uma medalha de ouro inédita na prova de marcha atlética, realizada pela primeira vez na competição.

Bolsa Atleta

O Bolsa Atleta tem como objetivo principal beneficiar atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que deve ser utilizado para a manutenção dos resultados obtidos e da carreira esportiva do atleta no ano de recebimento do benefício.

Com um investimento de R$ 3,9 milhões, o edital 2024 atingiu o recorde de esportistas de alto rendimento selecionados, com 234 contemplados, 43 a mais do que no edital anterior. Serão pagos aos selecionados 12 parcelas mensais, de acordo com a categoria: estudantil (R$ 500), nacional (R$ 1.500), internacional (R$ 2 mil) e olímpico (R$ 4 mil).