― Advertisement ―

spot_img

Cerveja, vinho e caipirinha de graça: Pomitafro 2024 deve reunir 40 mil pessoas

A tradicional festa Pomitafro, maior festival de integração étnico-cultural da região sudeste, celebra sua 25ª edição nos dias 30 e 31 de agosto e...

Colatina: mulher é morta e adolescentes são baleadas por falsos policiais

Uma mulher de 39 anos, identificada como Katiany Ferreira Will, foi assassinada a tiros na madrugada desta terça-feira (21), após dois suspeitos encapuzados arrombarem a casa da amiga onde ela estava, e abrir fogo contra a dona da casa, de 32 anos, as duas filhas dela, de 15 e 16 anos, e contra Katiany, que morreu no local. As duas adolescentes foram baleadas e socorridas. A dona da casa não se feriu. Após o crime, os assassinos fugiram.

Segundo a Polícia Militar, policiais foram acionados para uma ocorrência de disparos de arma de fogo próximo a um campo de futebol, no bairro Bela Vista, em Colatina. No local, uma mulher, de 32 anos, relatou aos militares que estava com as duas filhas e uma amiga em casa, quando dois indivíduos armados gritaram: “abre a porta, que é a polícia”. Com a recusa, os bandidos arrombaram a porta da residência e efetuaram disparos  de arma de fogo contra elas. Ela e as duas filhas, de 15 e 16 anos, conseguiram correr para outro cômodo da casa, porém a amiga, de 39 anos, não conseguiu e veio a óbito. A perícia e o Samu/192 foram acionados. Os suspeitos não foram localizados.

A reportagem apurou que uma das adolescentes foi baleada no braço esquerdo e no peito, e a outra, foi atingida nas pernas. O estado de saúde das sobreviventes não foi divulgado.

A Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Colatina, que até o momento, nenhum suspeito foi detido e que detalhes da investigação não serão divulgados, no momento.

O corpo da vítima foi encaminhado pela perícia da Polícia Científica (PCIES) para o Serviço Médico Legal (SML) de Colatina, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.