― Advertisement ―

spot_img

Carro bate em veículo estacionado e capota em Montanha

  Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que um carro bate de frente com outro veículo que estava estacionado, na rua José...

CMEI Irene Ribeiro da Silva promove dia D de combate à Dengue para alunos

O Centro Municipal de Ensino Infantil (CMEI) Irene Ribeiro da Silva, localizado no Bairro Cruzeiro, realizou na segunda-feira (26), na sua sede, atividades sobre como eliminar o mosquito da Dengue para alunos atendidos na instituição.

Como os alunos da escolinha são pequenos, as atividades foram realizadas de forma lúdica. O objetivo foi para que os pequenos aprendessem sobre como prevenir e combater o mosquito transmissor da doença e repassem para as suas famílias.

A diretora do CMEI, Elinete Vitor Araújo Valentim, falou da necessidade da realização da ação junto as crianças da escolinha. “Devido à gravidade, que se pode evoluir a Dengue, é de extrema necessidade e importância, estarmos alertando do perigo da proliferação do mosquito. Através desse movimento, que foi feito na CMEI Irene Ribeiro da Silva, tivemos a oportunidade de conscientizar e ensinar nossas crianças sobre a prevenção. Elas absorvem essas informações com muita facilidade e replicam os ensinamentos no ambiente familiar”, explicou Elinete.

O CMEI conta com 238 alunos, divididos nos turnos de 7 às 11h20 da manhã e das 13h às 17h20 da tarde. No total, 32 servidores trabalham no local.

Situação no município

O surto de dengue em Barra de São Francisco está tomando proporções de epidemia neste início de ano, seguindo a tendência de todo o Espírito Santo e país. De acordo com o último boletim da Sesa, o município tinha, em meados deste mês, 1.185 casos notificados da doença este ano. Mas, a Vigilância Epidemiológica em Saúde, afirma que o número é ainda maior. São 1.252 casos notificados, com 760 confirmados, 270 em investigação e 35 pessoas em estado grave, ou seja, aqueles em que a doença pode matar, causando hemorragias internas e outros problemas.

Por isso a prefeitura de Barra de São Francisco, por meio Secretaria Municipal de Saúde (Semus), anunciou nesta quarta-feira, 28, a criação de uma Sala de Situação das Arboviroses, como medida para estabelecer estratégias para o enfrentamento de doenças como a dengue, zika e chikungunya, entre outras. A medida foi formalizada, por meio da portaria nº 139/2024, assinada pelo prefeito Enivaldo dos Anjos.

A Sala de Situação tem a finalidade de garantir o trabalho das equipes envolvidas no combate ao Aedes aegypti, coordenar as medidas de prevenção com capacidade de resposta adequada aos níveis de transmissão neste período crítico e assegurar o cumprimento dos protocolos de atendimento aos casos suspeitos de dengue, chikungunya, zika e febre nas unidades de saúde.

Composição

A Sala de Situação das Arboviroses será composta pelos representantes das seguintes secretarias e órgãos: Secretaria Municipal da Saúde; Secretaria Municipal de Limpeza Pública; Secretaria Municipal de Transportes e Estradas; Secretaria Municipal de Defesa Social, Trânsito e Guarda Civil; Secretaria Municipal de Serviços Públicos, Delegados de Água Potável, Esgoto, Internet e Energia Elétrica; Hospital Estadual Dr. Alceu Melgaço Filho; Corpo de Bombeiros Militar de Barra de São Francisco.