― Advertisement ―

spot_img

Carro bate em veículo estacionado e capota em Montanha

  Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que um carro bate de frente com outro veículo que estava estacionado, na rua José...

Ciclo de oficinas fomenta arte e resgata saberes ancestrais a partir do uso de elementos naturais

Entre os meses de março e abril, o projeto Cores da Mãe Terra realiza seu primeiro ciclo de oficinas voltadas para mulheres. A cada 15 dias, serão oferecidas atividades em torno dos seguintes temas: produção de panela de barro, tingimento natural, extração de pigmentos naturais e colagem botânica. A iniciativa é realizada com recursos do Fundo de Cultura do Espírito Santo (Funcultura), da Secretaria da Cultura (Secult).

As oficinas são gratuitas e incluem material, no entanto, as vagas são limitadas. Portanto, é necessário inscrever-se por meio deste formulário on-line ou presencialmente, no Centro Cultural e Artístico Babado Bar, em Goiabeiras, Vitória. As candidatas podem se inscrever em quantas oficinas quiserem e, após um processo de seleção, receberão um e-mail confirmando a participação.

O projeto inclui reserva de vagas para mulheres negras, indígenas, mães solo, mulheres com deficiência, mulheres trans e moradoras da região da Grande Goiabeiras, onde as oficinas serão realizadas.

“O Cores da Mãe Terra tem como base os saberes e ofícios ancestrais que nos conectam com o meio ambiente, demonstrando a importância da preservação da natureza, desses conhecimentos e dos povos e territórios”, afirma Larissa Firme, organizadora das atividades, realizadas pela Kaá Cuidados da Terra.

As atividades têm início em 9 de março, com a oficina Mão no Barro, ministrada por Rosinea Alvarenga, paneleira tradicional de Goiabeiras, ofício que é o primeiro patrimônio imaterial reconhecido no Brasil. Ela vai falar sobre os saberes e o modo de fazer as panelas, além de proporcionar uma experiência prática de modelagem e preparo de utensílios a partir do barro.

No dia 23 de março, a instrutora será a designer de moda sustentável Jaqueline Padovan, com a oficina Tingimento Natural, promovendo conhecimentos e práticas em torno das técnicas tradicionais de tingimento têxtil, explorando as possibilidades de criação artística.

Dando sequência às atividades, em 6 de abril, a artista Karen Pataxó vai abordar a extração de pigmentos naturais, que permite usar elementos da natureza para produzir tintas a serem aplicadas em papel, muros ou outras plataformas.

Fechando o ciclo, no dia 20 de abril, a bióloga e herbalista Larissa Firme ministra oficina sobre colagem botânica, com ensinamentos sobre coleta de flores e folhas, produção de cola vegetal e criação e emolduração de obras artísticas.

“O ciclo de oficinas floresceu com o desejo de estimular e fortalecer a conexão com a natureza interior, a partir do incentivo à expressão da criatividade individual de cada uma e na interação e colaboração com outras participantes. E também uma conexão com a natureza exterior, ao provocar o olhar atento ao ecossistema em que estamos inseridas e utilizar de elementos naturais para essas criações artísticas”, comenta Larissa Firme.

Para ela, a sociedade contemporânea vive um processo de afastamento do meio natural. É o chamado “déficit de natureza”, que provoca vários impactos negativos, inclusive à saúde mental. Nesse caso, as vivências do projeto Cores da Mãe Terra também ganham caráter terapêutico. “Queremos unir arte, natureza e saúde para proporcionar bem-estar, integração e quem sabe até possibilitar novas fontes de renda para as participantes por meio do aprendizado das técnicas transmitidas nas atividades”, completa

Serviço:
Inscrições para o ciclo de oficinas Cores da Mãe Terra

On-line: por meio do formulário disponível neste link

Presencial: às terças-feiras e quartas-feiras, das 9h às 12h e das 14h às 17h, no Centro de Arte e Cultura Babado Bar. Rua Leopoldo Gomes de Sales, 10, Goiabeiras, Vitória
É necessário entrar em contato previamente pelo telefone (27) 99696-9965.

Calendário das oficinas:
Sempre aos sábados, das 8h às 12h

09/03 – Oficina Mão no Barro
Conversa sobre o ofício tradicional das paneleiras de Goiabeiras e elaboração de panelinhas de barro, com a paneleira Rosinea Alvarenga.

23/03 – Oficina de Tingimento Natural
Aprendizados sobre técnicas tradicionais de tingimento têxtil e possibilidades criativas dessa expressão artística, com a designer de moda Jaqueline Padovan.

06/04 – Oficina Colorindo com a Terra
Ensino sobre extração de pigmentos naturais a partir de elementos minerais e vegetais e prática de pintura, com a artista pataxó PachaPinta.

20/04 – Oficina Colagem Botânica
Experimento de coleta botânica e produção de obras artísticas a partir de elementos da natureza como folhas, flores, casacas e sementes, com a bióloga e herbalista Larissa Firme.