― Advertisement ―

spot_img

Governo lança guia para torcedores sobre Copa América de Futebol

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) divulgou, na sexta-feira (14), o Guia Consular dos Torcedores Brasileiros para a Copa América de Futebol 2024. A...

Catálogo da exposição de Maria Ramos Gazel será lançado nesta quinta-feira (25)

Nesta quinta-feira (25), a partir das 18h30, acontece o lançamento do catálogo da exposição “Quando nada acontece, há um milagre que não estamos vendo”, da artista Maria Ramos Gazel. Aberta na Galeria Homero Massena, Centro de Vitória, a mostra entra na reta final e pode ser visitada até o dia 11 de maio.

Na ocasião, além de um bate-papo com a artista, o público também poderá conversar com o curador da exposição, Lindomberto Ferreira Alves. A atividade contará com tradução simultânea para Libras, e os catálogos impressos serão distribuídos gratuitamente durante o evento – as unidades que sobrarem ficarão disponíveis na galeria para quem se interessar.

Cenas

A exposição de Maria Ramos Gazel foi divida em quatro cenas, cada uma ocupando o espaço da Galeria Homero Massena por um período mínimo de duas semanas. Ao iniciar uma nova cena, além de novas obras apresentadas, uma nova forma de aproveitar o espaço da galeria também pode ser apreciada pelo público – tendo como orientação a série fotográfica “Elaboração do Luto”, desenvolvida pela artista entre 2020 e 2021.

A Cena 4, última a ser montada, será apresentada ao público a partir desta quarta-feira (24), véspera do lançamento do catálogo. Já no sábado (27), outra atividade ocupará a Galeria Homero Massena: uma visita guiada com a artista Maria Ramos Gazel, às 13h30, seguida por um bate-papo com a artista convidada Marina Fortunato, prevista para começar às 14h.

A exposição segue aberta até 11 de maio (Foto: Joelma Marques)A exposição segue aberta até 11 de maio (Foto: Joelma Marques)

A exposição segue aberta até 11 de maio (Foto: Joelma Marques)

Outras duas atividades serão realizadas até o final da exposição: no dia 4 de maio, a artista recebe integrantes do Cartel Psicanálise e Racismo, a partir das 10h30; fechando o ciclo, no dia 11 de maio, acontece a segunda parte da formação com professoras.

A exposição “Quando nada acontece, há um milagre que não estamos vendo” é realizada com recursos do Fundo de Cultura do Estado do Espírito Santo (Funcultura), por meio do Edital 09/2022 – Projetos de Artes Visuais, da Secretaria da Cultura (Secult).

Serviço:

Exposição “Quando nada acontece, há um milagre que não estamos vendo”

Visitação: até 11 de maio – de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 18h; sábados e feriados, das 10h às 16h

Local: Galeria Homero Massena, Rua Pedro Palácios, 99, Centro, Vitória

Contato: (27) 3132-8395

Programação

Início da Cena 4: 24/04 (quarta-feira)

Lançamento do catálogo: 25/04 (quinta-feira), às 18h30

Encontro com Marina Fortunato: 27/04 (sábado), às 14h

Encontro com Cartel Psicanálise e Racismo: 4 de maio (sábado), às 10h30

Segunda parte da formação com professoras: 11 de maio (sábado), das 10h30 às 15h

Encerramento da exposição: 11 de maio (sábado)