― Advertisement ―

spot_img

Abin Paralela: Moares retira sigilo de áudio de conversa de Bolsonaro

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), retirou há pouco o sigilo do áudio no qual o ex-presidente Jair Bolsonaro, o...

Carateca capixaba conquista ouro no Pan-Americano e garante vaga para o Mundial

O capixaba Gustavo Bosqueti conquistou a medalha de ouro por equipe no Campeonato Pan-Americano de Karatê, encerrado nesse domingo (26). A competição aconteceu em Punta Del Este, Uruguai. Com o resultado, o atleta também garantiu a classificação para o Campeonato Mundial da modalidade.

Contemplado pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), Gustavo Bosqueti integra a seleção brasileira de karatê e demonstrou garra e determinação na modalidade de kata em equipe, com técnica e sincronia com os outros integrantes da equipe.

Gustavo Bosqueti já deu início às preparações para a competição e as expectativas são altas para realizar mais um grande feito, desta vez no Mundial, que acontecerá em Pamplona, na Espanha, no mês de novembro. O capixaba falou sobre a emoção de conquistar a medalha de ouro na categoria principal.

“Foi um privilégio participar, junto a companheiros mais experientes, na categoria principal da seleção brasileira de karatê. Foi muito emocionante, porque até o último momento de eles levantarem a bandeira para nós, para o Brasil, tinha certa dúvida, mas hoje eu acredito muito mais no nosso potencial e que a gente pode chegar em lugares muito maiores”, comentou.

O próximo desafio do lutador será o Campeonato Sul-Americano, que será realizado entres os dias 23 de junho e 1° de julho, na Bolívia.

Bolsa Atleta

O Bolsa Atleta tem como objetivo principal beneficiar atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que deve ser utilizado para a manutenção dos resultados obtidos e da carreira esportiva do atleta no ano de recebimento do benefício.

Com um investimento de R$ 3,9 milhões, o edital 2024 atingiu o recorde de esportistas de alto rendimento selecionados, com 234 contemplados, 43 a mais do que no edital anterior. Serão pagos aos selecionados 12 parcelas mensais, de acordo com a categoria: estudantil (R$ 500), nacional (R$ 1.500), internacional (R$ 2 mil) e olímpico (R$ 4 mil).